Sexta-feira terá calor de 37ºC e possibilidade de chuva à tarde

Compartilhe:

Dia terá calor intenso em algumas regiões de MS, com temperatura chegando a 37ºC; pode chover à tarde. (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom)
Dia terá calor intenso em algumas regiões de MS, com temperatura chegando a 37ºC; pode chover à tarde. (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom)

A partir desta sexta-feira (14) as pancadas de chuva com trovoadas se intensificam à tarde e se espalham por Mato Grosso do Sul, exceto nas regiões Sul e Sudoeste do Estado, que continuam com céu de claro a parcialmente nublado.

A umidade relativa do ar pode cair para 20% e as temperaturas de 20ºC a 37ºC, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Baixos índices de umidade representam risco para a saúde humana, com o agravamento de problemas respiratórios e de pede. Não são recomendadas atividades ao ar livre nos horários mais quentes durante essa condição climática, que também aumenta a possibilidade de ocorrerem incêndios em matas.

Em Campo Grande, o dia deve permanecer entre claro e parcialmente nublado, havendo pancadas de chuvas isoladas. A máxima não passa dos 33ºC, enquanto a umidade do ar oscila de 80% a 35%.

As temperaturas chegam a 34ºC nas regiões Norte (São Gabriel do Oeste e Sonora), Nordeste (Paranaíba e Chapadão do Sul) e Leste (Três Lagoas); 35ºC no Sul e Sudoeste (Mundo Novo, Dourados e Ponta Porã) e 37ºC no Pantanal (Aquidauana, Corumbá e Porto Murtinho).

Próximos dias

O calor deve permanecer no fim de semana e se agravar na segunda-feira (17), quando os termômetros no Estado variam de 21ºC a 39ºC –neste dia, o Inmet aponta a possibilidade de pancadas de chuvas isoladas à tarde, principalmente no Oeste e Sul. A umidade variará de 95% a 35%.

Para este sábado (15), podem ocorrer pancadas de chuvas com trovoadas isoladas também durante a tarde, com os termômetros indo de 21ºC a 36ºC e a umidade variando de 90% a 35%. As condições previstas para o domingo são praticamente as mesmas para o domingo (16), com exceção da ocorrência de descargas elétricas.

Com Karla Tatiane, da Subsecretaria de Comunicação


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *