plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Rede Educativa amplia conteúdo sobre cultura e ações de cidadania na grade de programação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Parceria entre Fertel e SECIC vai dar mais visibilidade às políticas públicas e ações nas áreas de cultura e cidadania

O diretor-presidente da Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa), Youssif Domingos, e o secretário-adjunto de Cidadania e Cultura do Estado, Eduardo Romero, começaram a definir um acordo de cooperação para produção de programas de rádio e de televisão, que serão veiculados na Rede Educativa. A ideia é dar visibilidade às ações e políticas públicas com reportagens e entrevistas, além de informar o público sobre a agenda cultural. Participaram da discussão do possível acordo de cooperação, também, o diretor Administrativo e Financeiro da Fertel, Airton Rodrigues, e o diretor de Rádio e TV da Rede Educativa, Joel Silva.

A proposta prevê a veiculação na rádio Educativa FM 104.7 do programa “Cultura e Cidadania no Ar”, apresentado por Mariana Rondom, da Fundação de Cultura (FCMS) e Eduardo Romero, com reportagens de Elci Holsback (FCMS), Jaqueline Hahn e Eliane Souza. O programa será veiculado semanalmente na emissora.

Na grade de programação da TV Educativa também haverá boletins e informes sobre as atividades culturais e ações de cidadania, produzidos pela equipe da Fertel em parceria com as equipes da SECIC e FCMS.

“A Rede Educativa segue aprimorando seu conteúdo, dentro do objetivo de oferecer ao público informação de qualidade, tanto na área cultural quando de cidadania, e prestação de serviço. Além desse objetivo, a Fertel reforça as medidas do Governo do Estado de apoio ao setor de cultura, que é muito representativo, importante para a cadeia de serviços e área do entretenimento, mas que foi duramente afetado pela pandemia de covid”, destaca o diretor-presidente da Fertel, Youssif Domingos.

O secretário adjunto de Cultura e Cidadania, Eduardo Romero, ressalta que a ideia do programa em parceria com a Rede Educativa surge da necessidade de levar à sociedade as ações que são realizadas pela SECIC, que abrangem não apenas a área cultural, mas todas as políticas públicas de cidadania.

“Temos oito subsecretarias, que desenvolvem várias atividades e atendimentos que muitas vezes são desconhecidos do público em geral. Por exemplo, na Sala Lilás, em parceria com vários órgãos e prefeituras, realizamos acolhimento e atendimento especial a mulheres vítimas de violência”.

Romero destacou a receptividade da direção da Fertel às propostas e importância da divulgação. “A Secretaria trabalha com o que denominamos de Política de Direitos. Assim, para que o cidadão tome conhecimento e possa usufruir, temos de fazer chegar na ponta as informações, com a divulgação correta. Exemplificando, temos no Estado 22 comunidades quilombolas. Só em Campo Grande são três, sendo duas em área urbana. E essa informação é desconhecida de muitas pessoas. Então, para que todos tenham acesso às informações e aos trabalhos executados, essa parceria se reveste de grande importância!”, disse Romero.

Já o titular da Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (SECIC), João César Mattogrosso, destaca que essa parceria será de grande pertinência para fortalecer as ações desenvolvidas para os segmentos. “Trabalhamos em diferentes frentes e divulgar o desenvolvimento de políticas públicas, além de todas as ações realizadas para fomento da cultura, será de grande importância para promover o acesso à informação e interação com o público sul-mato-grossense. Nossa gratidão a Fertel e toda estrutura de comunicação do Governo MS”.

(Com Alberto Gonçalves)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *