plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de julho de 2024 - 14:54

Pequenos empresários de MS contratam R$ 37 milhões do FCO para capital de giro

Campo Grande (MS) – Em março de 2020, diante da pandemia do coronavírus, o CEIF/FCO (Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis), presidido pelo secretário Jaime Verruck, decidiu disponibilizar R$ 50 milhões em recursos do FCO para capital de giro das micro e pequenas empresas de Mato Grosso do Sul. Do total do recurso, 35% já foi contratado.

De acordo com o superintendente do Banco do Brasil em MS, Sandro Grando, entre 23 de março a 30 de junho foram contratados R$ 37 milhões do total desta linha voltada para atender empresários com teto de faturamento de R$ 800 mil. “Esse recurso pode ser usado para amparar gastos gerais relativos à administração dos negócios, como despesas gerais e salários”, explica.

Ainda segundo dados do Banco do Brasil durante os últimos três meses do coronavírus no Estado, a instituição emprestou R$ 122 milhões do FCO, sendo que 600 empresas captaram recursos para garantir o pagamento de salários a funcionários. Além disso, 3.472 clientes tiveram o pagamento das parcelas prorrogadas.

“Desde o início o nosso intuito sempre foi criar alternativas para que o empresário passe por essa redução da atividade econômica que estamos enfrentando, por isso decidimos junto ao Banco do Brasil de realocar recursos do FCO para atender esse público dos pequenos empresários”, afirma o presidente do CEIF e titular da Semagro, secretário Jaime Verruck.

A linha de crédito tem prazo de 24 meses para pagamento, incluindo o período de carência de seis meses. A taxa de juros varia entre 4,73% e 5,61% ao ano, dependendo do porte e a localização do empreendimento.

O teto de contratação é de R$ 10 mil para MEI (Micro Empreendedor Individual), R$ 20 mil para microempresa, R$ 540 mil para pequena empresa e R$ 800 mil para pequena-média empresa.

Priscilla Peres – Comunicação Semagro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *