Pandemia leva UFMS a suspender avaliação seriada que garante ingresso à Universidade

Compartilhe:

Anúncio foi feito nesta quarta-feira (8/7) pelo reitor Marcelo Turine no radiojornal Bom Dia Campo Grande da Educativa FM 104.7. Decisão leva em conta “apagão” na educação provocado pela suspensão das aulas em razão da pandemia de covid-19
 O reitor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Marcelo Turine, anunciou, pela primeira vez publicamente, em entrevista ao radiojornal Bom Dia Campo Grande da Educativa FM 104.7, que a seleção de alunos por meio de avaliação seriada,  não será possível neste ano.
O problema é o “apagão” do ensino presencial devido a pandemia de covid-19, que obrigou ao fechamento das escolas. A adoção do ensino remoto, mesmo com as várias ferramentas para aulas a distância, é  insuficiente para que os alunos sejam avaliados em pé de igualdade e conhecimentos. Turine disse que a suspensão da avaliação seriada busca evitar que os estudantes do ensino médio,  alvos da avaliação, sejam prejudicados. No caso de 2020, os prejudicados  seriam os alunos do primeiro ano do ensino médio.
A avaliação,  dedominada PASSE (Programa de Avaliação Seriada Seletiva da UFMS), é uma das formas de ingresso na UFMS, que ao invés de medir o aprendizado dos candidatos em uma única prova, mede o aprendizado ao final de cada ano do ensino médio. A partir deste ano 20% das vagas dos cursos de graduação seriam reservadas para esta modalidade de ingresso à Universidade.
A avaliação pelo PASSE é aplicada em três etapas anuais
Para estudantes concluintes do 1º ano do ensino médio regular ou do 2º ano do ensino médio técnico com duração de 4 anos;
Aos estudantes concluintes do 2º ano do ensino médio regular ou do 3º ano do ensino médio técnico com duração de 4 anos; e
Para os estudantes concluintes do 3º ano do ensino médio regular ou do 4º ano do ensino médio técnico com duração de 4 anos.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *