plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Jovens de 18 a 24 anos ocupam mais da metade das 3,8 vagas de emprego geradas em julho

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Mato Grosso do Sul segue recuperando os empregos formais perdidos no período mais crítico da pandemia da Covid-19. Dados do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged), mostram que 3.873 novos trabalhadores foram contratados com carteira assinada em julho de 2021.

O saldo é resultado de 22.272 admissões e 18.399 desligamentos realizados no período em todo Estado. O setor do comércio foi o que mais gerou empregos com 1.438 vagas, seguido pelo setor de serviços com 1.339 ocupações. Na construção foram 422, na indústria 407 e na agropecuária 267.

Mais da metade desses novos trabalhadores, 2.076 que representam cerca de 53%, são jovens com idades entre 18 a 24 anos. O perfil dos demais trabalhadores admitidos no período conta com 559 pessoas de 25 a 29 anos; 487 por trabalhadores de 30 a 39 anos; 397 de 40 a 49 anos; 262 de até 17 anos; e 127 por pessoas de 50 a 64 anos. Conforme os dados do Caged, são 2.401 homens e 1.472 mulheres. A grande maioria, 2.712, possui ensino médio completo.

No período de janeiro a julho, o saldo de geração de emprego em Mato Grosso do Sul é de 31.416 novas contratações. Sendo o setor de serviços o principal responsável pela recuperação econômica que reflete na geração de emprego no Estado com 13.134 novas vagas. O comércio vem na sequência com 7.572, e em terceiro a indústria com a contratação de 4.606 funcionários no período. Agropecuária e construção civil geraram 3.484 e 2.620 novas vagas, respectivamente.

Mireli Obando, Subcom
Foto: Saul Schramm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.