Xaymaca destaca Reggae Popular Brasileiro de Edy Vox com novas músicas, releituras e swing de arrepiar

Compartilhe:

Com “Reggae Popular Brasileiro (Ao Vivo)”, Edy Vox apresenta versões autorais, novas músicas e releituras que agregam sua poesia ao ritmo Reggae. Confira domingo, das 22h à meia-noite, no Xymaca Reggae da Educativa FM 104.7

Protagonista durante quase 15 anos da banda Papoula, Edy Vox, consagrou músicas como as pedradas “A Massa”, “O Reggae Te Atrai” e “O Homem do Coração Rastafari”. Hoje caminhando com sucesso em sua carreira solo, o projeto ‘RPB’, o segundo álbum solo intitulado “Reggae Popular Brasileiro (Ao Vivo), que consiste em versões dos trabalhos autorais sendo “É na Cabeça”, “Fim ou o Começo”, como novas músicas de trabalho; releituras de músicas como “16 Toneladas”, “Livre, Leve e Solto” e “Ave Maria no Morro” dentre outras, buscando agregar sua poesia com o ritmo Reggae. Tem também um projeto alternativo chamado “Cordas e Tambores” que consiste num espetáculo mais compacto em termos técnicos, porém incontestavelmente de mesmo impacto, com instrumentos como Congas, baixolão, violões, banjo entre outros trazem um swing de arrepiar.

Edy Vox “O Cara da Cartola”.

Edy Vox & Papoula

Edy Vox, artista baiano, popularmente conhecido como “O Cara da Cartola”, teve sua ascensão no final dos anos 80 e vem atuando na capital e interiores há 29 anos. Nascido em Salvador, teve seu primeiro contato com a música com amigos, num grupo Rock n’ Roll chamado “4 Elementos”, no qual, Edy além de baixista era backing vocal. Composições e apresentações memoráveis do grupo foram feitas, porém, Edy logo foi tomado de assalto pela música Reggae, apresentada através de um vinil do cantor e compositor Jimmy Cliff. Pouco tempo depois, com alguns integrantes do grupo 4 Elementos e outros, Edy iniciou um projeto chamado Papoula; que apresentava a ideia de peculiares releituras de músicas de variados gêneros em música Reggae, trazendo também um inusitado senso de interpretação. O grupo chegou a ser nominado popularmente como Papoula Reggae Cover e foi criado com intuito de fazer apresentações no Carnaval baiano.

Nos anos 80, um dos primórdios no Reggae baiano, hoje chegando à um bom momento de sua carreira, Edy Vox teve ascensão no final da década, através da Banda Papoula, da capital Salvador. Com composições do artista como “Livre, Leve e Solto”, “Homem de Deus”, “Música” gravadas num disco produzido pela Warner Bros. em 1995 e lançado em 1996, intitulado “Livre Leve e Solto”, sendo divisor de águas na mudança do vinil para CD. A banda Papoula com Edy Vox no vocal produziu um disco independente na saudosa Praça do Reggae (Que por curiosidade foi inaugurada pela própria banda) mas, que não foi a público quando gravado no início do século, no ano de 2000. Tendo músicas autorais do artista como “Brutalidade”, “A Lua e o Sol” executadas ao vivo, virando depois alguns hits, porém rompendo os laços com a banda logo em seguida, dando motivo para o não lançamento do CD. Logo após o artista foi convidado pelo o radialista Reggae da época, Lino de Almeida para gravar um álbum, esse ao vivo, numa casa de shows chamada Chácara Point, do músico / instrumentista e produtor Ademar Andrade no ano de 2000, também em Salvador. Daí em diante assumindo o personagem artístico Edy ‘Vox’ ou ’Velho’ Edy nas assinaturas.

“Edy Vox & Populi” esse era o título do CD ao vivo. Mesclando como sempre a boa música brasileira com uma vertente do Reggae, intitulada pelo próprio Edy Vox, surgia o Reggae Popular Brasileiro. Em 2003 alguns músicos da Papoula, incluindo o Velho Edy, foram convidados para gravar um único Álbum, intitulado “Reggae e a Flor” (mais uma de suas composições), este álbum com influências do Rock brasileiro e muito Blues de autoria do artista, como “São Francisco”, “Reggae a Flor” e “Legalize”. Interpretações como “Como “Vovó Já Dizia” do imortal Raul Santos Seixas, ou a versão de uma música punk de uma banda brasileira (Inocentes). Cada vez mais explícita a mistura da célula Reggae com outras músicas.

O Artista Edy Vox.

Em sua formação artística, nos intervalos e vivências de sua vida e carreira, Edy se aprofundou na música, em seus conceitos e teorias. Estudou com o Maestro Keiler Rêgo – Oficina e Vocalize, Coral da Fundação Cultural do Estado; Foi diretor do sindicado dos músicos; Presidente do bloco Diamante Negro; Autor de um projeto chamado “Musica na Estação”, que levara músicas eruditas e regionais nas comunidades de Salvador; Teve discos gravados com a Warner Bross com a banda Papoula (Livre, Leve e Solto); Gravou com artistas internacionais como Rockin Squat e ícones baianos como Olodum; Já foi indicado como um dos artistas revelação do carnaval; Recebeu da ex-presidente da Câmara e Deputada Estadual Luíza Maia um certificado de artista camaçariense, em reconhecimento ao trabalho que desenvolveu com o município.

Em 2010, Edy gravou um álbum independente junto com o produtor e rock-vocal Flavio Guerra intitulado “Eletroacústico”, Reggae autenticamente brasileiro. O CD tem como base músicas autorais como “Brutalidade”, “Tá Liberado”, “Quem Dera”, “Preta” entre outras e releituras como “Ave Maria no Morro” de (Herivelto Martins) e uma versão Reggae de “Telegrama” de (Zeca Baleiro). introduzindo instrumentos como banjo, cajon e tambores, agregando ao álbum uma fusão de estilos musicais.

Foi convidado por um dos autores (Sérgio Otanazetra) para fazer participação de uma música (Triste Tropique) num disco solo (Confessions D’un Enfant du Siècle Vol 2) lançado por um rapper francês chamado Rockin’ Squat (vocalista da Assassin), fazendo também outras participações musicais com Orquestra Brasileira.

Este trabalho é dedicado a: todo movimento Reggae Music do Brasil, bandas, músicos compositores, produtores, comunicadores, Shalon, Adonai, todas as tribos. Todas pessoas que tem o poder de sonhar sem perder a capacidade de lutar para transformar seus sonhos aparentemente, impossíveis em realidade.

 

Edy Vox – Reggae Popular Brasileiro (Ao Vivo)

 

Artista: Edy Vox

Disponível em

YouTube Music

Spotify

Deezer

Google Play Música

Gravadora: edy vox e a banda

Lançamento: 14 de abril de 2014

Gênero: Reggae

Style: Roots, Reggae.

 

Tracklist:

 

01 Edy Vox – Toquem Blues (Ao Vivo)

02 Edy Vox – 16 Toneladas (Ao Vivo)

03 Edy Vox – Triste Tropique (Ao Vivo)

04 Edy Vox – A Lua e o Sol (Ao Vivo)

05 Edy Vox – Telegrama (Ao Vivo)

06 Edy Vox – Homem de Deus & Brutalidade Medley (Ao Vivo)

07 Edy Vox – Tá na Cabeça (Ao Vivo)

08 Edy Vox – Livre, Leve e Solto (Ao Vivo)

09 Edy Vox – Preta (Ao Vivo)

10 Edy Vox – Tá Liberado (Ao Vivo)

11 Edy Vox – Rasta Man (Ao Vivo)

12 Edy Vox – Ave Maria no Morro (Ao Vivo)

13 Edy Vox – Guarda Belo (Ao Vivo)

14 Edy Vox – Música (Ao Vivo)

Fonte: Assessoria do artista

 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *