Vice-governador anuncia para maio retomada de obras do Aquário do Pantanal

Compartilhe:

Anúncio será realizado em 8 de maio, conforme destacou Murilo Zauith durante reunião na sede da Seinfra
LEGENDA: Bosco Martins e Murilo Zauith durante reunião na Seinfra na quarta-feira. (Foto: Fertel)
LEGENDA: Bosco Martins e Murilo Zauith durante reunião na Seinfra na quarta-feira. (Foto: Fertel)

O vice-governador e secretário de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith, confirmou para 8 de maio o anúncio da retomada de obras do Aquário do Pantanal, resultado de trativas por ele comandadas desde que assumiu a Seinfra, no início do segundo mandato do governador Reinaldo Azambuja.

A data foi informada durante visita do diretor-presidente da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), Bosco Martins, ao vice-governador, na manhã desta quarta-feira (10). Em pauta estavam ações focadas em investimentos estruturantes do Estado nas áreas de turismo e meio ambiente, campos nos quais Murilo tem o Aquário entre suas prioridades.

O projeto lançado em 2011 e que, em meio a uma série de entraves, teve sua retomada dificultada. A intenção é, efetivamente, “fazer dele uma obra de Estado, com acompanhamento e participação de todos os órgãos competentes”.

“Vamos apresentar o cronograma para a obra, incluindo sua licitação, em 8 de maio. Temos feito visitas ao local e contatado as empresas responsáveis pela estrutura já feita e acreditamos que não haverá problemas para o término”, destacou o vice-governador e secretário.

Bosco Martins disse que os veículos da Fertel –a TVE Cultura, Educativa 104.7 FM e o Portal da Educativa– estão à disposição da Seinfra para as divulgações que se fizerem necessárias sobre o projeto do Aquário. “É uma obra única, um dos maiores aquários de água doce do mundo e que, sem dúvida, aumentará a visibilidade sobre o santuário ecológico que é Mato Grosso do Sul. A divulgação e documentação deste momento é um dos deveres de nossos canais de comunicação”.

Na reunião, ambos falaram também sobre o setor de infraestrutura em Bonito, onde Bosco investiu no ramo de hotelaria e viu o investimento no Aquário como um impulso também para aquela região do Estado. “Bonito, que neste ano já teve um aumento de 6% na movimentação turística, é a coqueluche do campo-grandense e será, também, dos turistas que vieram à Capital visitar o Aquário”, salientou o jornalista, que lembrou que Murilo já viveu em Bonito “e tem um carinho especial pela região”.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *