plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Vacinação em massa: Mais de 50% da população já receberam dose única em estudo na fronteira

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Mais de 50% da população acima de 18 anos nos 13 municípios da fronteira onde acontece vacinação em massa já foram imunizados, informou nessa manhã o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende, em entrevista ao programa MS no Rádio, da Educativa FM 104. A vacinação em massa faz parte da maior pesquisa de efetividade vacinal contra a Covid-19 no Brasil.

O secretário voltou a defender a destinação de vacinas na Janssen, em dose única, para a vacinação em massa, observando que as reações contrárias devem dar lugar a elogios assim que o trabalho for concluído. Segundo o secretário, já há dados que indicam que haverá sobra de vacinas e por conta da imunização em massa, vacinas prescritas para duas doses que seriam destinadas à fronteira serão redistribuídas aos 66 municípios restantes. Segundo levantamento realizado pela SES, nos três primeiros dias de vacinação, os municípios de Ponta Porã e Corumbá foram os que mais aplicaram as doses. A expectativa é de que entre quinta-feira e sexta-feira os dados finais sejam divulgados.

Encabeçado pelo infectologista Júlio Crodda através do grupo VEBRA COVID-19, o estudo tem o apoio da Opas (Organização Pan Americana da Saúde) e é composto por diversas instituições, como Fiocruz, UFMS, Stanford University, Yale university, Instituto de Salude Global de Barcelona, Universidade da Florida

OUÇA A ENTREVISTA

 

  • Com a vacinação aumentando o ritmo, Mato Grosso do Sul será o primeiro Estado do Brasil a sair da pandemia. “Tenho certeza de que seremos um dos primeiros Estados brasileiros a sair desta pandemia e que este estudo vai servir de referência para o nosso país e para o mundo”, destaca o secretário de Saúde Geraldo Resende.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.