plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de abril de 2024 - 08:50

Unesco destaca Programa Cidadania Viva como boa prática em Educomunicação

O programa Cidadania Viva, criado pela Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic), foi citado como boa prática durante o IX Encontro Brasileiro de Educomunicação, realizado pela ABPEducom, curso de Comunicação Social – Educomunicação da UFCG, NCE/USP e Instituto Palavra Aberta. O evento promoveu discussões e debates sobre o tema: “Práticas Sociais e Tecnológicas pelos Direitos Humanos e Direitos da Terra”.

Na ocasião, a Consultora em Educação/ODS da Unesco no Brasil, Maria Rehder, durante palestra sobre “a participação Jovem: Agenda 2030 e os ODS”, relatou o contato com o programa no Estado que está destacando-se nos processos de transformação social por meio da educomunicação.
“A Unesco chamou uma consulta de educação para mudança do clima global e no Brasil pelo programa Cidadania Viva a gente teve a participação ativa desses jovens, mais de 60 jovens, meninas, meninos, indígenas e um deles representou o Brasil. Mato Grosso do Sul tem uma legislação avançada no que tange às questões climáticas, e o Cidadania Viva pela educomunicação consegue materializar alguns desafios da legislação, o que nos orgulha ser uma política pública”, explicou.

Maria Rehder, apresentou também alguns bolsistas do programa que estão participando ativamente das discussões na Unesco, e que encaminharam seus depoimentos sobre a experiência de participar do projeto com jovens de outras nacionalidades.

Para a coordenadora-executiva do programa, Elisangela Rodrigues, o “reconhecimento da Unesco marca uma política pública pioneira em Educomunicação no Brasil implantada pelo Estado de Mato Grosso do Sul. Um Programa que dá voz aos jovens, a maior gratificação é ver indígenas, negros, LGBT’s e jovens com deficiência atuando como cidadãos e considerando sua cultura”, finaliza.

No total, mais de 340 participantes, entre pesquisadores, especialistas e profissionais em Educomunicação, participaram das 31 atividades do evento. Para acessar o painel Duas décadas de mobilização pelos Direitos à Expressão e ao Desenvolvimento Sustentável – Educomunicação e a formação para os ODS, clique AQUI.

Jaqueline Hahn Tente – Secic

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *