plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Um olhar diferente para comemorar os 68 anos de Bonito

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Conhecida mundialmente como Capital do Turismo, Bonito completa neste domingo 68 anos de emancipação política. Sem festas ou desfiles cívicos, o que vai marcar a data neste ano, são as eleições municipais. Não que a causa não seja nobre, afinal os bonitenses vão decidir o futuro da cidade nos próximos quatro anos, mas aniversário é data para comemorar.

E já que não da para cantar parabéns ou fazer grandes homenagens, o jeito é mostrar nosso amor com palavras singelas e emprestar algumas imagens deslumbrantes, feitas por dois fotógrafos da cidade, que vão apresentar Bonito de um ângulo encantador.

12043034_903915496354156_6972811222233682340_n
Imagem noturna da Praça da Liberdade

Fernando Aivi Peres, de 26 anos, ganha a vida como fotógrafo e cinegrafista e como qualquer profissional dedicado, busca aprimorar suas técnicas frequentemente. E foi no drone, aquele equipamento que parece um aviãozinho de controle remoto, com suporte para uma câmera, que ele descobriu um ‘novo olhar sobre Bonito’.

“O drone é um equipamento novo, que me possibilita fazer fotos de ângulos antes impossíveis. Fotografar Bonito é um privilégio. Me sinto honrado em poder retratar esse paraíso, poder mostrar Bonito como eu vejo através da fotografia”, explicou Peres.

14445972_10201992787657892_1914542573206734367_n
Balneário Municipal

Outro grande talento da Capital do Turismo, que também fez das fotos áreas seu carro-chefe, é Breno Teixeira, de 31 anos. Diferente do colega, ele veio de fora, mas fez de Bonito, sua fonte de expiração.

 Em seu perfil nas redes sociais, o fotografo compartilha seu olhar com todos, sem restrições ou filtros. “Só para terem uma ideia de como está o céu lá de cima. Bonito é lindo todo dia, toda hora”, descreveu em uma foto aérea tirada ao anoitecer.

13728922_10209024087651874_6256249385810774722_n
O anoitecer na Capital do Turismo

História

13331072_10208632195094805_6532715641839908428_n
Inauguração da fonte na Praça da Liberdade

O núcleo habitacional que se transformaria na sede do Município de Bonito, iniciou-se em terras da Fazenda Rincão Bonito, que possuía uma área de 10 léguas e meia e foi adquirida do Sr. Euzébio pelo Capitão Luiz da Costa Leite Falcão, que aí se aportara em 1869, e é considerado o desbravador de Bonito, tendo sido também seu primeiro escrivão e tabelião. A Lei Estadual nº 693, de 11 de novembro de 1915, cria inicialmente o Distrito de Paz de Bonito, com área desmembrada do Município de Miranda e a este subordinado administrativamente.

Após ser fundada houve a criação do território Federal de Ponta Porã, pelo Decreto-Lei nº 5.839, de 21 de setembro de 1943, é lhe anexado como Distrito de Paz de Miranda. Por força do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal, é reintegrado ao estado de Mato Grosso, na mesma situação de Distrito pertencente ao Município de Miranda. Finalmente a Lei Estadual nº 145, de 2 de outubro de 1948, eleva-o a categoria de Município, tendo por sede a cidade de Bonito. Os principais rios são: Formoso, Prata, Perdido, Mimoso, Peixe, Anhumas, Olaria e Miranda.

14463245_1201132729930360_8794162308442900577_n
Praça da Liberdade 2016
13620869_10208951601639769_3098369768649472915_n
Rio Sucuri
13082752_10208384886792252_4336303074591393484_n
Clube do Laço Nabileque em dia de festa do peão
13886942_10209090430390401_3484912610940922608_n
Serpente do Senhorzinho, Festival de Inverno 2016
13528989_10208847062066345_4960124475691223871_n
Cavalgada de São Pedro, padroeiro da Cidade

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *