TVE Cultura MS prepara retorno a Bela Vista após 16 anos

Compartilhe:

Diretor-presidente da Fertel, Bosco Martins confirma a vereadores que pediam sinal da emissora pública inclusão do município no cronograma de expansão
Xetinho, Bosco Martins e Johnys, em reunião nesta quarta-feira (18) que confirmou retorno do sinal da TVE Cultura MS a Bela Vista. (Foto: Humberto Marques)
Xetinho, Bosco Martins e Johnys, em reunião nesta quarta-feira (18) que confirmou retorno do sinal da TVE Cultura MS a Bela Vista. (Foto: Humberto Marques)

Após mais de 16 anos, Bela Vista voltará a contar com o sinal da TVE Cultura MS. A garantia foi dada pelo diretor-presidente da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), Bosco Martins, durante reunião nesta quarta-feira (18) com vereadores Demécio Takeshi Higa, o Xetinho, presidente da Câmara Municipal bela-vistense, e com o seu vice, Johnys Hemory Denis Basso, que solicitaram a retomada das transmissões no município localizado na fronteira do Mato Grosso do Sul com o Paraguai como forma de levar mais cultura e educação regionalizados àquela região.

Dentro do cronograma de expansão da TVE Cultura MS, espera-se que até o primeiro trimestre de 2020, Bela Vista conte com as transmissões digitais da emissora estatal sul-mato-grossense. O sinal foi perdido após o furto de equipamentos de retransmissão, ocorrido há 16 anos, ainda na gestão do ex-governador Zeca do PT.

Além de os equipamentos furtados não terem sido recuperados, a falta de condições financeiras impediu desde então sua substituição. Contudo, diante da determinação dada pelo governador Reinaldo Azambuja, sob acompanhamento do secretário Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), para que se busquem otimizar serviços prestados à população, a direção da Fertel viabilizou parcerias que permitirão a retomada das transmissões em Bela Vista.

“Consideramos importante porque, diferente de outras emissoras, a TVE tem uma preocupação com a educação e a cultura, divulga informações importantes sobre a gestão pública estadual e, além disso, é comprometida com o regionalismo, mostrando o que há de melhor de Mato Grosso do Sul para a sua população”, destacou Xetinho.

Johnys concordou. “Essas características vão contribuir muito para que os bela-vistenses tenham alternativas de qualidade na TV aberta. Havia uma demanda da população nesse sentido e voltaremos para Bela Vista com uma excelente notícia para a população”. Além dos vereadores de Bela Vista, o empresário de comunicação Ademir Mendonça participou da reunião.

Bosco acolheu o pedido da delegação de Bela Vista e confirmou o planejamento de expansão da emissora para o interior. “Desde o ano passado, com a migração da TVE Cultura MS para o sistema digital a partir de Campo Grande e Dourados, antecipando metas da Agência Nacional de Telecomunicações, passamos a trabalhar também com a substituição de equipamentos no interior e na expansão da cobertura da emissora, que nos próximos meses deve ter seu sinal digital funcionando em cerca de 20 municípios”, destacou.

O diretor-presidente reforçou, ainda, que no caso de Bela Vista há trâmites adiantados. “Já temos a autorização para iniciar as transmissões naquela região, dependendo agora da instalação da antena e dos transmissores digitais para devolver a TVE Cultura MS à população. Esperamos que entre o fim deste ano e o primeiro trimestre de 2020 os equipamentos estejam funcionando e o nosso sinal, disponível”, pontuou.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *