Trabalho inovador de MS no Criança Feliz traz técnicos do Governo Federal ao Estado

Compartilhe:

Uma iniciativa pioneira implantada em Mato Grosso do Sul no âmbito do Programa Criança Feliz trouxe, na última semana, técnicos do Ministério da Cidadania para acompanharem de perto a inovação pensada por técnicos da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

O destaque de MS se dá em face da implementação do atendimento direto com crianças nas unidades de acolhimento, e que leva o nome de Intervenção na Unidade de Acolhimento – (UAI Bebê), em parceria com o município de Campo Grande. A equipe do Criança Feliz, nas demais regiões do Brasil, realiza visitas somente em domicílios.

Conforme destaca a coordenadora do Criança Feliz em MS, Edna Bordon, o Estado tem sido referência no modelo de gestão do programa primeira infância no Sistema Único de Assistência Social (SUAS – Programa Criança Feliz), quer seja por seu processo metodológico formativo, que integra a grade de educação continuada da Escola do SUAS/MS “Mariluce Bittar”, ou ainda pelas propostas de projetos piloto.

A equipe da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, por meio do Departamento de Atenção a Primeira Infância (DAPI), formada por Tatiane Parra Roda, Palloma Frutuoso e Florentino Leonidas, realizou a visita de apoio técnico, que contou ainda com reunião com a equipe do município de Campo Grande e equipe técnica do Estado, e participação na reunião do Colegiado Estadual de Gestores Municipais da Assistência Social de Mato Grosso do Sul (COEGEMAS-MS).

Equipe técnica do Programa Criança Feliz durante reunião na Sedhast

Criança Feliz

O Criança Feliz integra ações coordenadas em várias áreas, como saúde, assistência social, educação, justiça e cultura. Além disso, são incluídas as visitas domiciliares semanais, com o objetivo de oferecer às famílias mais informação e interação com suas crianças, identificando as oportunidades e os riscos para o desenvolvimento infantil, focando em crianças de zero a três anos.

Em Mato Grosso do Sul 28 municípios já contam com equipes do Programa Feliz. Em 2018 mais de 83,2 mil visitas foram realizadas pelas equipes do programa.

O Programa Criança Feliz foi instituído pelo Decreto nº 8.869, de 5 de outubro de 2016, com caráter intersetorial, sendo fruto da Lei nº 13.257 de 08 de março de 2016 do Marco Legal da Primeira Infância.

Leomar Alves Rosa – Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast)


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *