Rádio e TV Educativa de MS

Home Posts Tagged "Fundtur-MS"

Fundtur-MS

Aeroporto de Bonito, uma das portas de entrada ao Estado de turistas e viajantes; MS ganha novos voos e mais frequências para grandes centros graças à atuação da Fundtur-MS. (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom/Arquivo)

Aeroporto de Bonito, uma das portas de entrada ao Estado de turistas e viajantes; MS ganha novos voos e mais frequências para grandes centros graças à atuação da Fundtur-MS. (Foto: Edemir Rodrigues/Subcom/Arquivo)

Após meses de negociação, Mato Grosso do Sul ganha novos voos regulares e extras, além de maior frequência de conexão para os principais destinos do país. Bonito, Campo Grande e Corumbá terão conectividade com cidades como Foz do Iguaçu (PR), Belo Horizonte (MG) e Porto Alegre (RS). A capital sul-mato-grossense também ganha mais horários de voos para São Paulo e Rio de Janeiro. Esta ação faz parte do programa de Captação de Voos instituído pela Fundtur-MS (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul), que prevê um trabalho constante para ampliar o acesso aos principais destinos do Estado.

O governador Reinaldo Azambuja explica que o aumento de voos é resultado de negociação com as empresas e da política de incentivo fiscal estadual, que reduziu a alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do querosene como contrapartida para as companhias áreas aumentarem o número de operações no Estado. “Com essa redução de ICMS, ninguém é mais competitivo que a gente. Mato Grosso do Sul tem o menor índice do Brasil”, garante.

Ele ainda destaca que as ações do Governo têm o objetivo de alavancar o setor econômico. “Não estamos olhando para arrecadação. Eu prefiro muito mais ter um voo que vai aumentar o turismo e vai acabar movimentando a economia como um todo do que contar com uma certa quantia de ICMS”, justifica.

Para o diretor-presidente da Fundtur, Bruno Wendling, a captação de novos voos é uma das principais estratégias para o fomento do turismo. “O acesso a um destino, tanto aéreo quanto terrestre, é um dos pontos primordiais para o desenvolvimento do turismo. Por esse motivo, essa articulação para a captação e o aumento da frequência dos voos que já existiam começou fortemente no início do ano de 2018. O Governo do Estado, por meio da Fundtur e parceiros estiveram com duas das principais companhias aéreas brasileiras e algumas internacionais para negociar essa conquista”, ressalta Wendling.

Novos voos

Um dos destaques dos novos voos é Campo Grande – Foz do Iguaçu, que deixa mais perto dois dos maiores destinos de ecoturismo do mundo a partir de 20 de dezembro deste ano. Segundo o diretor-presidente, ligar Bonito a Foz era uma reivindicação antiga dos empresários do setor no Estado.

Destaque também para os voos diretos Campo Grande – Belo Horizonte, que entram em operação em 4 de fevereiro de 2019, Campo Grande – Porto Alegre, em operação a partir de 22 deste mês e Campo Grande – Rio de Janeiro a partir do dia 21 de dezembro, este último através do Aeroporto Internacional do Galeão, que é um dos principais portões de entrada internacional do Brasil.

Débora Bordin, da Fundtur-MS, e Paula Vitorino, da Subsecretaria de Comunicação

Nesta quinta-feira (19.7) acontece em Belo Horizonte (MG), a 96ª reunião ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), no qual Mato Grosso do Sul ocupa a vice-presidência do Centro-Oeste.

Na ocasião, um dos temas da pauta fixa Casos de Sucesso será “Mato Grosso do Sul – Modelo da Fundação de Turismo do MS” apresentada pelo diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), Bruno Wendling. Outro tema é a apresentação da Secretaria Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, feita por integrantes do Ministério do Turismo.

Fornatur

O Fórum foi criado em 2000 para ser um colegiado dos secretários de Estado de Turismo ou presidentes de Órgão Estaduais de Turismo. O objetivo é que a instância delibere sobre temas relevantes para o setor, incorporando as demandas estaduais, regionais e nacionais, constituindo-se um bloco de expressão técnica e política. O bloco se reúne, em média, a cada dois meses, durante eventos turísticos de grande projeção.

O presidente do Fornatur tem assento no Conselho Nacional do Turismo e atua junto a este órgão no assessoramento ao Ministério do Turismo para elaboração e implantação do Plano Nacional do Turismo e na discussão dos principais programas e projetos do setor.

Débora Bordin – Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS)

Foto: @visitmsoficial

A lei nº 5.224 que estabelece normas sobre o Sistema Estadual de Turismo do Estado do Mato Grosso do Sul (SET-MS), as Políticas Públicas Estaduais para o Turismo e o Plano Estadual de Turismo foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (10.7). Sancionada pelo Poder Executivo entra em vigor na data de publicação.

O SET tem por diretriz o fomento e o apoio ao desenvolvimento do turismo do Estado de Mato Grosso do Sul, de forma democrática e integrada entre os atores previstos na Lei e em consonância com a Política Estadual de Turismo e o Plano Estadual de Turismo.

O Sistema será composto pela Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS), Conselho Estadual de Turismo, Instâncias de Governança Regional, Municípios constantes no Mapa do Turismo Estadual e Conselhos Municipais de Turismo. O SET vai estimular e coordenar a integração entre o setor público, a iniciativa privada e o terceiro setor ligados às atividades turísticas, promovendo estudos, discussões técnicas e outras ações visando à melhoria da qualidade dos serviços do turismo.

A Política Estadual do Turismo e o Plano Estadual de Turismo que fazem parte da lei estabelecem diretrizes e estratégias para a condução do desenvolvimento e o fomento da atividade turística no Estado.

O objetivo é regulamentar o turismo sul-mato-grossense em consonância com as políticas públicas federais, desenvolvidas pelo Ministério do Turismo, a partir da Lei Federal 11.771/ 2008, que trata sobre a Política Nacional de Turismo. Confira na íntegra a Lei nº 5.224.

Raquel dos Passos – Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS)

Foto: Bolivar Porto