plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Subsecretário detalha no Bom Dia Campo Grande ações do Levanta Juventude

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Maicon Nogueira fala à Educativa 104.7 FM sobre as diferentes abordagens em projeto para qualificação de jovens que está com inscrições abertas
Maicon Nogueira afirma que preocupação é com a qualificação profissional dos jovens. (Foto: Iasmin Biolo/Fertel)
Maicon Nogueira afirma que preocupação é com a qualificação profissional dos jovens. (Foto: Iasmin Biolo/Fertel)

A Subsecretaria de Políticas para a Juventude da Prefeitura de Campo Grande está com 200 vagas abertas para o programa Levanta Juventude, que visa a capacitar jovens para o mercado de trabalho. As ações serão realizadas entre 10 e 14 de junho no auditório multiuso da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), e são gratuitas, conforme explicou no Bom Dia Campo Grande desta quinta-feira (6) o subsecretário Maicon Nogueira.

O Levanta Juventude chega à sua 28ª edição, conforme frisou Maicon na Educativa 104.7 FM, já tendo capacitado mais de 5 mil jovens para o mercado. Segundo o subsecretário, o programa visa a atender uma parcela da população que, em um momento de crise, está desalentada quanto a inserção no mercado de trabalho.

“Neste momento de crise que a gente vê só anúncios de notícias ruins, imagine ser jovem no momento em que o empresário, quando vê a economia reaquecer, quer gente com experiência. É mais complexo ser jovem nesse cenário. Por isso, as políticas públicas da juventude em Campo Grande, visam a, prioritariamente, preparar o jovem para o mercado”, explicou Maicon.

Nesse sentido, ele explica que o Levanta Juventude reúne ações para incluir o jovem, em seu contraturno escolar, em plataformas de preparo a fim de se diferenciar perante a concorrência. Descentralizado, o programa foi levado para diferentes regiões da cidade a fim de atender inclusive quem não tem condições de arcar com o transporte público.

Apesar de ser pensado para jovens, Maicon afirma que as pessoas acima de 29 anos também podem pleitear participação –ele, inclusive, citou o caso de uma avó que começou o treinamento ao lado do neto e conseguiu qualificação.

Qualificação

As ações da Subsecretaria incluem também curso preparatório para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). “De maneira alguma vamos estimular o jovem a trabalhar pelo preço de deixar a escola. Aos sábados temos um preparatório do Enem das 8h às 20h, com aulas no ano inteiro. Já formamos 1.200 pessoas no cursinho e neste ano temos 600 alunos”, pontuou Maicon, frisando a qualificação como importante para a busca de melhores oportunidades.

“Não queremos jovens com subemprego, mas sim bem empregados e nas áreas vocacionadas”, afirmou. “Ninguém nasce condicionado à pobreza eterna. Se vem de condição humilde, mora em um bairro humilde, estudou em escola pública e é beneficiário do SUS, não quer dizer que a vida inteira tem de ser condicionado a isso. Pode consumir, viajar, adquirir os bens que desejar”, afirmou.

Maicon explicou, porém, que os participantes do Levanta Juventude participam também de aulas de Educação Financeira, a fim de evitarem se entregar ao consumismo quando começam a ganhar dinheiro. “O menino consegue seu primeiro emprego, em um estágio de R$ 500 ou R$ 600, e a primeira coisa que faz é financiar um iPhone. E aí vai passar dois anos pagando sem saber se terá estabilidade. Queremos ensinar o que é o consumo consciente”, destacou.

A preocupação, prosseguiu o subsecretário, chega a outros aspectos da vida. “A juventude vai determinar o que a pessoa vai ser no futuro. Uma decisão errada entre os 15 e 20 anos pode comprometer o futuro. Uma gravidez, o uso de drogas. É o que trabalhamos, uma mentalidade ensinando muitas vezes o que os pais falam e eles não ouvem. E, em casos graves, pedimos auxílio a outras secretarias, como a de Assistência Social em caso de usuários que precisam de suporte à saúde”.

Curso

O subsecretário lembrou que, com 217 mil jovens, Campo Grande é a terceira do país na proporção deles em relação à população em geral (33,2%). Desta forma, trabalha-se uma parte importante da sociedade, e já com resultados: segundo ele, uma aluna do projeto foi a primeira colocada no vestibular de Química da UFMS, com nota que lhe garantiria ingresso em cursos mais concorridos, como Direito –resultado, destacou, das diversas parcerias que sustentam o projeto.

O curso aborda temas como Dicção e Oratória, Empreendedorismo, Relação Interpessoal –incluindo comportamento em redes sociais– e outros temas. O curso será realizado das 13h às 15h30 entre 10 e 14 de junho, sendo focado em jovens acima dos 14 anos. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3314-3577 ou na sede da Subsecretaria, na rua 15 de Novembro, 532, próximo à rua 13 de Maio. Lá, podem ser conhecidos também outros cursos oferecidos pela pasta –nos períodos matutino e noturno e que incluem, entre outros, treinamentos para Auxiliar de Escritório e Hotelaria.

Maicon Nogueira destaca que muitos empresários participam dos treinamentos, inclusive prospectando novos talentos. Em outro front, são feitos encaminhamentos para o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola, para estágios) e a Funsat (Fundação Social do Trabalho).

Por fim, o subsecretário disse ao Bom Dia Campo Grande que a atual Geração Z é marcada pelo bombardeio constante de informações, por meio da internet. Assim, uma das preocupações é ensinar o microgerenciamento do tempo.

“Se você tem três horas por dia para ficar nas redes sociais, a grande maioria usa para ver memes, compartilhar bobeiras e vídeos que não acrescentam. Mas uma minoria usa o tempo para estudar, capacitar-se ou ver curiosidades interessantes. Ensinamos que é no detalhe que formamos o diferencial em relação a outras pessoas. Nossa geração teve menos informações que a de agora, mas éramos instigados a procurar mais informações, então, buscávamos as melhores possíveis”, disse, alertando para a tendência de alienação atual.

Sintonize – Com produção de Rose Rodrigues e Alisson Ishy e apresentação de Maristela Cantadori e Anderson Barão, o Bom Dia Campo Grande permite a você começar o seu dia sempre bem informado, por meio de um noticiário completo, blocos temáticos e entrevistas sobre assuntos variados. O programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 7h às 8h30, na Educativa 104.7 FM e pelo Portal da Educativa.  Os ouvintes podem participar enviando perguntas, sugestões e comentários pelo WhatsApp (67) 99333-1047 ou pelo e-mail bomdiacampogrande2018@gmail.com.

One Comment on “Subsecretário detalha no Bom Dia Campo Grande ações do Levanta Juventude”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.