Rádio e TV Educativa de MS

Semana Pra Dança 2017 homenageia três ícones da arte sul-mato-grossense

0

Com uma extensa programação de espetáculos e coreografias das mais diversas linguagens, oficinas, exibição de vídeos, debates e rodas de conversas, a Semana Pra Dança 2017, que acontece entre os dias 23 e 29 de abril em diferentes pontos da Capital, irá homenagear três ícones da arte sul-mato-grossense: Léa Magrini, Sônia Ruas Rolon e Neide Garrido.

Léa de Jesus Magrini é uma das pioneiras da dança em Mato Grosso do Sul. Bailarina, professora e coreógrafa com formação em Curitiba, Paraná, fundou há quarenta anos em Dourados a Academia Anna Pavlowa. Participou de dezenas de cursos no Brasil e no exterior, além de festivais, mostras de dança e certames nos Estados Unidos, Cuba, Itália e Argentina.

Dirigiu dezenas de festivais da Academia Anna Pavlowa, difundindo o ballét  clássico, moderno, jazz, sapateado, axé e street dance. Produziu também balés de repertório, exibidos nos tradicionais festivais de dança que promove anualmente entre eles Coppélia, A Bela Adormecida, Quebra Nozes, Pquita, Dom Quixote e O Lago dos Cisnes, tendo sido a primeira a Academia do Estado a apresentar o espetáculo por completo em seus quatro atos. Pelo seu pioneirismo e dedicação à dança, Léa Magrini recebeu várias homenagens, certificações e títulos, entre eles o de cidadã Douradense, em 1994, aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores.

Lea Magrini / Acervo

Sonia Ruas Rolon é precursora da dança clássica e contemporânea em Corumbá. Diretora artística do espetáculo Moinho in Concert e ex-presidente do Instituto Moinho Cultural, produziu e foi coreógrafa de apresentações que marcaram a história do instituto, que atende hoje crianças e adolescentes dos municípios de Corumbá, Ladário e das cidades bolivianas de Puerto Suarez e Puerto Quijarro, com aulas diárias de música, dança, tecnologia, apoio escolar, idiomas, educação ambiental e patrimonial.

É graduada em Artes Cênicas pela Uniderp e Pós-graduada em Dança para UCDB, além de possuir formação em Metodologia em Ballet (Niterói), Metodologia, Atuação e Direção pelo Centro Pró Danza da Escola de Ballet Nacional de Cuba e especialização em Dança Contemporânea e Dança Teatro. Também faz Especialização em Música na Censupeg. Atualmente coordena o grupo Fantasia, formado por participantes do Centro de Múltiplas Atividades e Convivência do idoso “Vovó Ziza”, de Campo Grande. Criado em 2007, é formado por pessoas com idade superior a 60 anos que se apresentam integrando três belas artes: dança, teatro e canto.

Acervo / Fábrica Artístico Cultural

Neide Fátima Bittencourt dos Santos, Neide Garrido, é uma das referências da arte de Mato Grosso do Sul. Com 46 anos de carreira, é bailarina, coreógrafa e produtora cultural. Diretora, professora, coreógrafa do Grupo de Dança Ballet Isadora Duncan, assina obras que vão de espetáculos clássicos, modernos, jazz e de dança contemporânea. Atua ainda como instrutora do Método Pilates. Formada pela faculdade de Educação Física de Cruz Alta. Em 1975, fixou-se em Campo Grande. Frequentou importantes escolas de ballet clássico, moderno e jazz no eixo Rio/São Paulo.

Já assinou obras como Origens, Sala de Visitas, Caravana, Sutilezas, A Espera e Redoma, todas com estilo moderno e contemporâneo. Em 1996 recebeu o título de cidadã campo-grandense. Em 98, a Medalha e Comenda do Mérito Artístico do Conselho Brasileiro da Dança, órgão vinculado ao “Conseil International de La Danse” (UNESCO). Em abril de 2005 foi indicada para o Prêmio Nacional Jorge Amado de Literatura & Arte, pela Fundação Municipal de Cultura.

Neide Garrido / Foto: Alexis Prappas

Semana Pra Dança

Abordando por múltiplos ângulos a produção contemporânea e a integração artística, a 11ª Semana Pra Dança, realizada pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul em parceria com a Câmara Setorial de Dança de Campo Grande, reúne oficinas, mostras e apresentações. A maioria da programação com entrada franca.

A Semana Pra Dança deste ano celebra duas datas especiais: Os 40 anos de criação de Mato Grosso do Sul e o Dia Mundial da Dança, comemorado no encerramento do evento, 29 de abril. Na programação espetáculos e coreografias das diversas linguagens da dança, oficinas, exibição de vídeos, debates e rodas de conversas. Contará ainda com convidados nacionais e internacionais, fortalecendo o intercâmbio entre os artistas.

Baixe o Folder do evento aqui.

Texto: Assessoria de Imprensa FCMS

Deixe sua resposta

Seu endereço de email não será publicado.