Rádio e TV Educativa de MS

‘S.O.S. Rio Miranda’: alunos debatem a importancia do rio através de ações ambientais

Projeto conta com palestras e atividades práticas
0

O projeto S.O.S. Rio Miranda, desenvolvidos pelos professores da Escola Estadual Antonio Pinto Pereira em Jardim, debate com os alunos temas relacionados a um dos principais rios da região, localizado na Bacia Hidrográfica do Paraguai. Desde março, os estudantes são expostos a diferentes experiências, que vão desde palestras com profissionais de todas as áreas, como atividades praticas.

Foto: Arquivo professor Rafael Mascarenhas

Na última semana, por exemplo, um grupo de adolescentes, sob a coordenação do prof. Rafael Mascarenhas Matos, visitou o atrativo Recanto Ecológico Rio da Prata. O Rio da Prata, assim como outros da região da Serra da Bodoquena, possui uma alta concentração de calcário, o que torna as águas cristalinas, sendo considerado inclusive, como um dos mais ‘transparentes’ do mundo. Ele está diretamente ligado ao Rio Miranda, tem este como seu afluente.
Durante o percurso da trilha, a guia de turismo Maria Senir que os acompanhou falou sobre a importância das matas ciliares, cuidados das águas entre outras informações. “Os alunos adoraram a experiência”, revelou o prof. Rafael. “Reforçamos muito a importância de estarem neste local bem como analisar este ambiente único”, concluiu.

Foto: Arquivo Escola Estadual Antonio Pinto Pereira

Também durante o projeto, foram ministradas palestras que destacam o combate ao uso desenfreado de recursos descartáveis, em parceria com a Sanesul no Município; passeio ciclístico até o Cemitério dos Heróis, onde os alunos puderam observar a fauna característica do local e o rio Miranda, com apoio da coordenadora do técnico em Hospedagem, Fabiane Santana e do Biólogo Edson Moroni, do Buraco das Araras; montagem de maquete de madeira com argila da ‘Caracterização Morfológica do município de Jardim’, sob orientação do professor Lino Maragno e uma experiência onde os alunos puderam simular o que acontece com o leito do rio quando não há mais a mata ciliar ou a mesma está debilitada, como é o caso de muitos trechos do Rio Miranda, sob professora Cristina Pasuch.

O projeto ‘S.O.S. Rio Miranda – Uma luta pela vida’ também foi selecionado para representar a escola na etapa estadual da Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que ocorreu em maio.

Foto: Arquivo Escola Estadual Antonio Pinto Pereira

Compartilhe:

Deixe sua resposta

Seu endereço de email não será publicado.