plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

3 de dezembro de 2023 - 15:38

Reinaldo e secretários recebem ministro da Justiça para garantir paz no campo em Mato Grosso do Sul

Campo Grande (MS) – O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, desembarca amanhã (2) em Mato Grosso do Sul e se reúne com o governador Reinaldo Azambuja com o objetivo de resolver os conflitos entre produtores rurais e indígenas, na região de Antônio João, fronteira com o Paraguai.

Segundo o secretário de Estado de Governo, Eduardo Riedel, a visita das autoridades federais vem ao encontro das necessidades do Estado de agir em favor da pacificação entre os ruralistas e índios. “Vamos fazer uma série de reuniões com as autoridades Federais e com todo o staff do Governo do Estado a fim de encontrar uma solução para acabar com os conflitos fundiários do Estado”, ressaltou Riedel.

Também devem participar desta agenda os representantes da Procuradoria- Geral da República, Polícia Federal, Polícia Federal Rodoviária, Supremo Tribunal Federal, Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério da Justiça e a secretária–geral da República, Regina Miki. Da parte do Governo do Estado, os secretários de Estado Eduardo Riedel; Sérgio de Paula e Silvio Maluf e representante do Comando Militar do Oeste (CMO) e da Procuradoria Geral do Estado estarão presentes.

A comitiva do Governo Federal desembarca pela manhã na base aérea e segue para a Governadoria. Às 9 horas, está prevista a primeira reunião do grupo, com o arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa. Às 10 horas, o governador Reinaldo Azambuja recebe o ministro da Justiça. Produtores rurais vão se reunir com a comitiva dos Governos, às 10h30. Às 13h o grupo de autoridades abre o diálogo com os indígenas.

Após a rodada de reuniões, às 14h, as autoridades nacionais e estaduais atenderão a imprensa para entrevistas, no auditório da Governadoria do Estado.

Foto: Chico Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *