Reinaldo e presidente da Eldorado discutem investimento de R$ 300 mi em usina termoelétrica

Compartilhe:

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja e o presidente da Eldorado Brasil, José Carlos Grubisich, se encontraram nesta terça-feira (14), em São Paulo (SP), para debater a implantação de usinas de geração de biomassa em Aparecida do Taboado e Selvíria. A indústria de celulose venceu o leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), de 29 de abril de 2016, com o projeto Usina Termoelétrica (UTE) Onça Pintada, para gerar energia utilizando tocos e raízes de eucaliptos não aproveitados durante a colheita.

Segundo o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, que participou do encontro, a previsão é da indústria investir cerca de R$ 300 milhões na construção da usina de termoelétrica de biomassa. “O projeto ainda prevê a geração de mais de mil empregos diretos e indiretos”, comentou.

Além de falar sobre o cronograma do projeto, que deve iniciar o fornecimento de energia para o sistema elétrico nacional em 2021, Reinaldo e Grubisich conversaram sobre a expansão da produção de celulose da Eldorado Brasil em Três Lagoas – programa de investimento de R$ 8 bilhões lançado em junho de 2015, com previsão de inauguração em 2018. “Também discutimos questão de logística, de saída da produção por trem e por um contorno rodoviário em Três Lagoas; e condições das nossas rodovias”, disse Verruck.

Bruno Chaves, da Subsecretaria de Comunicação do Governo do Estado.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *