plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

22 de julho de 2024 - 22:00

Reinaldo Azambuja destaca políticas públicas que garantem água de qualidade em MS

Abrigando oito aquíferos, um deles considerado uma das principais reservas de água doce do mundo, o Guarani, Mato Grosso do Sul segue fortalecendo as políticas públicas de gestão de recursos hídricos, garantindo água de boa qualidade à sua população.

No dia em que se comemora o Dia Mundial da Água (22 de março), o governador Reinaldo Azambuja destaca a riqueza de Mato Grosso do Sul em relação à água. “Temos mais de 1.600 nascentes e rios que percorrem nosso Estado e construímos uma política pública para melhorar a qualidade das águas internas de Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Uma das principais ferramentas implantadas na gestão de Reinaldo Azambuja foi o monitoramento das águas subterrâneas, que teve o primeiro relatório publicado em 2021, apontando boa qualidade dos oito aquíferos existentes no Estado (Cenozoico; Bauru; Serra Geral; Guarani; Aquidauana – Ponta Grossa; Pré-cambriano Calcários e Pré-cambriano) além dos poços. Desde 1994, o monitoramento era feito apenas das águas superficiais, em 198 pontos de monitoramento georreferenciados de qualidade de água.

O diretor-presidente do Imasul, André Borges (Foto: Bruno Rezende)

“Desses quase 200 pontos que fazemos, para ter uma ideia, 86 pontos onde medimos a vazão, 13 são em tempo real”, acrescentou o diretor-presidente IMASUL (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges. A intenção é aumentar de 13 para 23 os rios monitorados em tempo real.

Também implantada nesta gestão, o SIRIEMA (Sistema Imasul de Registros e Informações Estratégicas do Meio Ambiente), vem somando no monitoramento. Ferramenta de outorga online a quem queira fazer o uso da água seja para abastecimento, irrigação ou lançamento de barragens, o SIRIEMA realizou, só em 2021, 1.356 usos outorgados, sendo: 759 captações subterrâneas, 228 barragens, 37 lançamentos de efluentes, 332 captações superficiais e 934 usos regularizados como uso insignificantes, sendo: 278 de captações subterrâneas, 211 barragens e 445 captações superficiais.

André Borges destaca que o avanço ao longo desses anos foi muito grande e um parceiro fundamental é a ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), através de parcerias com programas como o Progestão, Procomitês (Programa Nacional de Fortalecimento dos Comitês de Bacias Hidrográficas) e QUALIÁGUA (Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água), que estabelece parâmetros para a análise das amostras da água. “Desses parâmetros, a nossa água é avaliada como ótima, boa e aceitável, nossa avaliação fica em torno de 98.6% das amostragens. As nossas águas são de boa qualidade, a gente está mantendo a conservação e manutenção da qualidade desses recursos hídricos. Somos o Estado referência na execução desses projetos pois todas as metas temos alcançado ano a ano e isso foi um trabalho muito forte do secretário Jaime Verruck para poder cumprir todas as metas”, disse André Borges.

PPP da Sanesul

Uma das principais iniciativas do Governo do Estado a ser lembrada neste Dia da Água é a Parceria Público-Privada (PPP) do Esgotamento Sanitário. Logo após a sanção do Marco Legal do Saneamento, a Sanesul e Aegea celebraram contrato para que toda a população sul-mato-grossense tenha acesso a água potável e tratamento e coleta de esgoto.

O governador durante a o leilão da PPP da Sanesul (Foto: Chico Ribeiro)

“Nos próximos 10 anos, MS terá orgulho de ser o primeiro Estado do Brasil a ter 100% de coleta e tratamento do esgoto sanitário, atingindo assim a universalização do saneamento básico”, garantiu o governador Reinaldo Azambuja. Com a PPP, o investimento será de R$ 3,8 bilhões ao longo de 30 anos de concessão do serviço.

Ações e ferramentas como essas permitem que água de boa qualidade chegue ao lar do sul-mato-grossense, em sua maioria, atendidos pela Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), que abrange 68 municípios. Aproveitando a data, o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Júnior, chama a atenção sobre uso consciente da água. “Neste Dia Mundial da Água, quero reforçar a importância desse recurso para as famílias sul-mato-grossenses. Diariamente, trabalhamos com ações preventivas que garantem a segurança hídrica no abastecimento, por isso contamos com a atenção redobrada da população contra o desperdício e o mau uso da água tratada. Cuidar é o que a Sanesul faz, preservá-la é o que você consumidor pode fazer”, concluiu.

Joilson Francelino, Subcom
Foto do destaque: Chico Ribeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *