plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Quinta-feira promete repetir calor de 37ºC no Estado, aponta Cemtec

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Temperaturas mais altas são aguardadas para a região de Murtinho e no Vale do Ivinhema

Dia promete ter céu variando de claro a nublado e registrar chuvas, sobretudo à tarde. (Foto: Ivanildo Gonçalves/Subcom/Arquivo)
Dia promete ter céu variando de claro a nublado e registrar chuvas, sobretudo à tarde. (Foto: Ivanildo Gonçalves/Subcom/Arquivo)

Mato Grosso do Sul continuará a experimentar altas temperaturas ao longo desta quinta-feira (10), segundo previsão do Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos). O dia promete ter céu variando de claro a parcialmente nublado e nublado, com pancadas de chuvas isoladas em todas as regiões. Os termômetros podem chegar a 37ºC na região de Porto Murtinho, no Pantanal Sul.

Outras regiões experimentarão temperaturas altas. No Vale do Ivinhema poderá fazer 36ºC em Bataguassu e Ivinhema, enquanto o Bolsão verá calor de 35ºC em Três Lagoas. Corumbá, no Pantanal (Oeste) pode ter máxima de 34ºC, assim como Coxim, no Norte. Campo Grande e Dourados (Sul) verão as temperaturas chegarem aos 33ºC –confira mais no mapa abaixo.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) adverte que pode chover forte especialmente no Sudoeste, Oeste e Noroeste de Mato Grosso do Sul. Nas demais regiões, podem ocorrer chuvas de menor intensidade, sobretudo à tarde. A oscilação no tempo deve se repetir até domingo (13) em praticamente todo o Estado, com precipitação no período vespertino.

Já a umidade relativa do ar poderá variar de 95% a apenas 25% nesta quinta, índice considerado pouco adequado para a saúde humana pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que considera apropriados percentuais superiores a 60%. A baixa umidade pode causar problemas respiratórios e irritação nos olhos e pele, não sendo recomendado realizar atividades ao ar livre nos períodos de maior calor nessas condições. Da mesma forma, aumenta-se o risco de incêndios em matas, reforçando a recomendação para que não se use manejo de fogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.