plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

4 de fevereiro de 2023 - 04:46

Queda na vacinação infantil preocupa agentes de saúde

Dados do Programa Nacional de Imunizações (PNI) indicam que o Brasil ainda não atingiu a meta de cobertura vacinal para a maioria dos imunizantes do calendário básico infantil.  O quadro preocupa agentes de saúde, que alertam para o retorno de doenças que há anos estavam erradicadas no país.

Vacinação de crianças contra a covid-19 na UBS 5 de Taguatinga Sul

O cenário mais grave é registrado entre as vacinas aplicadas após o aniversário de um ano – tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tetraviral (que inclui a primeira dose da varicela, além de sarampo, caxumba e rubéola) e hepatite A – que estão com cobertura inferior a 50% da população-alvo. A análise é divulgada pelo Observa Infância (Fiocruz/Unifase).

Apenas a BCG, que previne formas graves de tuberculose, chegou à meta de vacinar 90% dos bebês menores de um ano no cenário nacional – embora as regiões Sul e Sudeste não tenham atingido a meta.

A tríplice viral, aplicada a partir dos 12 meses de idade, tem a menor cobertura do calendário básico infantil. Segundo os dados disponíveis, duas de cada três crianças no Brasil não completaram a imunização contra sarampo, caxumba e rubéola ao longo do segundo ano de vida.

Saiba mais sobre a vacinação infantil, onde imunizar e sua importância na reportagem de Priscila Trauer ao Jornal da Educativa:

Foto: José Cruz / Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *