plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Projeto busca preservar e homenagear as araras que vivem na Capital

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Campo Grande das Araras é um projeto multimídia com a produção de filmes, a criação do Bosque das Araras e do Circuito das Araras. Idealizado por Lú Bigattão Rios, Rosiney Bigattão e Carlos Diehl, o projeto foi contemplado no Fundo Municipal de Cultura/2019 e conta com a parceria do Instituto Arara Azul.

Foram colocados totens em diversos locais para homenagear as araras e divulgar o conteúdo da ação: no Parque das Nações Indígenas, na Lagoa Itatiaia, na UFMS, na Av. Afonso Pena e na Orla Ferroviária. A criação do Bosque das Araras, no Parque das Nações Indígenas, resultou no plantio de 50 mudas de espécies que servem de alimento para as aves.

O documentário mostra a cidade sob o ponto de vista das araras, como elas vivem, do que se alimentam, a convivência com os humanos e os perigos do ambiente urbano para a sobrevivência das espécies.

O assunto está no Informe da Educativa:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.