plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

25 de julho de 2024 - 02:48

Produtores rurais e governador debatem importância da modernização no campo durante seminário em Bonito

Produtores rurais ligados a Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores de Novilho Precoce participaram de uma discussão com governador Reinaldo Azambuja sobre a necessidade de modernização no campo, destacando o programa Precoce MS, que recebeu uma nova roupagem e foi relançado na semana passada.

Foto: Chico Ribeiro

O encontrou aconteceu nesta sexta-feira (21) durante 9° Seminário Técnico Novilho Precoce MS em Bonito e foi norteado por debates sobre modernização, incentivos e aplicação dos recursos do Fundersul, além de uma breve apresentação das ações do governo do Estado durante esses quase dois anos e meio de mandato.

Azambuja iniciou seu discurso explicando que foi necessária a paralisação do programa, em junho do ano passado, porque benefícios pagos pelo Estado, na época superiores a R$ 37 milhões, não estavam retornando para o produtor. “Nós queríamos que esse dinheiro fosse para quem é de direito. Para o produtor, que investe em tecnologia, em precocidade, em melhoria e poderes de produção moderna. Só que isso não estava acontecendo. Então tinha necessidade de fazer o reajuste”, afirmou.

Atualmente o programa está com três plantas cadastradas e deve cadastrar mais três em breve. Porém, segundo o governador, não deve parar por aí. “Nós não queremos monopólio de abate nas mãos de ninguém. Nós queremos que seja livre, mas que aqueles que se cadastrarem se credenciem dentro das normas novas do programa”, afirmou.

Os valores obtidos pelo programa também foram pautados por Azambuja,  destacando um abate de quase 10 mil cabeças desde que a nova versão começou a ser utilizada, rendendo uma media de mais de R$ 500 mil em benefícios do programa para o produtor, dando uma media por animal acima de R$ 50, ‘mas pode chegar a R$ 90 dependendo da classificação do programa’.

Foto: Chico Ribeiro

Por fim, o governador destacou que é necessário investir cada dia mais no marketing da carne sul-mato-grossense, para que ela possa ser reconhecida no mundo inteiro. “Fazer marketing é importante e é por isso que nós estamos com uma fatia dos recursos das taxas, justamente para aplicar no marketing da carne no programa Precoce MS”.

O deputado estadual e produtor rural Beto Pereira, que chegou a mencionar a possibilidade de um representante da Novilho Precoce ter uma cadeira junto ao conselho do Fundersul, destacou que se sente tranquilo quanto ao posicionamento do governo do Estado com o setor. “O governador fez uma explicação muito clara de tudo que vem sendo aplicado, não só para sanear o Estado, mas também para a aplicação de recursos da Fundersul  e da melhoria da infraestrutura de MS”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *