plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Procon-MS divulga nova pesquisa de variação de preços dos produtos da Cesta Básica

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

A Superintendência para a Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS), órgão vinculado à Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), divulgou, nesta quarta-feira (22), a pesquisa de preços da Cesta Básica, referente ao mês de setembro, revelando variação de até 142,86% em alguns itens.

Conforme o levantamento, a maior variação de preço foi a do fósforo Fiat Luz Pinheiro, com 10 caixas de 40 palitos, que no Fort Atacadista estava sendo comercializado a R$ 3,29 e no Extra, a R$ 7,99. O produto com menor variação de preço foi o feijão Kicaldo, com 5,41%. No Atacadão e Carrefour, o produto custava R$ 7,79, e no Fort Atacadista, R$ 7,39.

Dos produtos de limpeza, a esponja de aço Assolan 60G foi a que apresentou maior variação, com 131,78%. No Supermercado Nunes custava R$ 2,99 e no Pag Poko R$ 1,29. A menor variação foi a do detergente líquido Minuano 500 ml, que apresentou 20,10%. O Assaí estava comercializando a R$ 2,39, sendo que o mesmo produto custava R$ 1,99 no Mercado do Produtor e Duarte.

Dos 144 itens alimentícios pesquisados, cinco obtiveram mais de 100% de aumento. Já os de limpeza, dos 25 produtos, dois obtiveram mais de 100% de aumento. Para que um item entre na análise de variação de preços é necessário que o mesmo produto seja comercializado em, no mínimo, três estabelecimentos pesquisados.

“A pesquisa é muito importante para o consumidor! Tendo o hábito de pesquisar, o consumidor fortalece a relação de consumo, bem como aquele fornecedor que oferece o melhor preço e traz economia  para o seu orçamento doméstico”, comentou o superintendente do Procon-MS, Marcelo Salomão.

O levantamento foi realizado entre os dias 8 e 15 de setembro de 2021, em 19 estabelecimentos comerciais de Campo Grande. Clique aqui e confira a pesquisa na íntegra.

Joilson Francelino, Subcom
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *