plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Potencialidades da UEMS são apresentadas para Rede de Gestão de MS

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Campo Grande (MS) – Na última semana, o vice-reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Laércio de Carvalho, apresentou as potencialidades da Universidade para os integrantes da Rede de Gestão Estratégica, com o objetivo de que o Governo do Estado possa utilizar a estrutura da UEMS para o desenvolvimento do plano estratégico que está em andamento.

Edemir Rodrigues
foto: Edemir Rodrigues

No evento, o vice-reitor expôs as ações da Universidade nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além de mostrar os números e todas as parcerias existentes nas quais a Universidade vem atuando. Ele destacou que a UEMS atende atualmente 10 mil alunos, sendo que 20 mil profissionais passaram pela Instituição até o ano passado. Atualmente, mantém relação com 24 países e contabiliza 1 milhão de pessoas alcançadas com ações de extensão, com 79% dos nossos alunos são oriundos da rede pública de ensino.

“Discutimos sobre a possibilidade de expansão da educação a distância e temos uma grande expectativa de que essa parceria gere bons frutos para uma rápida ampliação da modalidade a distância na UEMS. Além disso, apresentamos os Centros de Pesquisa e solicitamos as demandas do Estado para que, em conjunto, Governo do Estado e UEMS, possamos elencar as principais demandas e que os Centros de Pesquisa trabalhem em prol da resolução de problemas imediatos da população de Mato Grosso do Sul”, enfatizou.

Laércio de Carvalho apresentou também o resultado da pesquisa online realizada pela Assessoria de Comunicação com 1050 egressos da Instituição, que mostrou que 79% dos profissionais trabalham em sua área de formação e a média salarial fica em R$ 4,2 mil mensais, bem acima da média do Estado e do País, que é de R$ 1.045 e R$ 1.113, respectivamente. “O que demonstra que estudar na UEMS é um bom negócio”, brincou o vice-diretor.

Com 66 cursos de graduação, 14 mestrados, dois doutorados e cerca de mil funcionários, a Universidade tem 11 Centros de Pesquisa, Ensino e Extensão espalhados pelo Estado. “A UEMS tem estrutura e muito conhecimento técnico em seu corpo docente e discente, o que pode contribuir em vários aspectos com o planejamento estadual”, avalia o superintendente de Planejamento e Gestão da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Thaner Nogueira.

Rede de Gestão

A Rede de Gestão do Estado de MS foi criada como forma de produzir mecanismos para a Gestão orientada para resultados. Esta Rede tem uma coordenação centralizada na Secretaria de Governo (SEGOV) com execução e suporte descentralizado em todas as secretarias. Na consolidação dessas ações foi elaborado o PPA 2016-2019.

Eduarda Rosa/ Comunicação UEMS.

Foto: Chico Ribeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.