plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Oficina para educadores mostrará como usar jogo de dança em sala de aula

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Cada vez mais é necessário utilizar de novos mecanismos para estimular o ensino em sala de aula. Com esse objetivo, o Conectivo Corpomancia idealizou a oficina O Corpo em Jogo para apresentar o jogo Corpomancia que é uma ferramenta para potencializar o aprendizado em ambiente escolar. Ela acontece nos meses de março e início de abril. A prioridade de inscrição é para educadores da rede municipal de ensino e pode ser feita através do site www.jogocorpomancia.com.br/.

A proposta tem como objetivo aproximar a dança do universo escolar proporcionando o contato de professores e alunos com recursos lúdicos para a descoberta do movimento no corpo, que podem não somente servir como inspiração às aulas de arte/dança, mas também como recurso para as mais diversas áreas de conhecimento dentro do campo das artes e da educação.

A oficina O Corpo em Jogo será totalmente online e gratuita, com carga horária de 20 horas. Haverá duas turmas com limite de participantes, uma com aulas às quartas-feiras de março (dias 3, 10, 17, 24 e 31) e outra com aulas às quintas-feiras de março (dias 4, 11, 18 e 25) e primeira quinta-feira de abril (dia 1º). As aulas serão sempre a partir das 18h30.

“Nós vamos apresentar o jogo, mostrar como funciona, jogar e nos aprofundar nele, que é uma ferramenta com o propósito de potencializar o ensino dentro da sala de aula. Queremos descobrir juntos com os participantes os melhores caminhos para utilizá-lo, vai ser uma oficina de colaboração mútua”, reflete a artista da dança Paula Bueno, que também criou o jogo.

Apesar de ter um público-alvo, caso sobrem vagas, qualquer pessoa que tiver interesse pode participar. Além de Paula Bueno, as artistas da dança e integrantes do Conectivo Corpomancia, Franciella Cavalheri e Jackeline Mourão, ministrarão as aulas.

Ainda haverá uma roda de conversa presencial após a finalização do período online, no dia 3 de abril, das 14h às 18h, com a presença das artistas da dança para troca de experiência sobre o jogo e a sua aplicabilidade na escola. O encontro será na Casa de Ensaio e obedecerá às normas de biossegurança estabelecidas pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em virtude da pandemia de Covid-19.

Este projeto foi contemplado com recursos da Lei Aldir Blanc, através do edital Morena Cultura e Cidadania, promovido pela Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, por meio da Prefeitura Municipal de Campo Grande

O jogo

 O jogo Corpomancia é um percurso de tabuleiro, onde se participa de duas a quatro pessoas ou times de jogadores, que devem sortear dados para se mover através das casas e realizar os desafios propostos. O número sorteado é o mesmo número de partes do corpo que vão guiar o movimento do jogador durante sua rodada.

Ele foi criado durante a graduação da faculdade de design de Paula. “Entrei em contato com a pesquisa de Rudolf Laban (um dos grandes pensadores/criadores do século XX na experimentação dos fatores de movimento) e no primeiro momento achei limitante como ele classificou os fatores do movimento – espaço, peso e tempo –, mas depois de me aprofundar vi que trazia luz aos movimentos. Logo após eu começar a estudá-lo um professor passou um trabalho que envolvia cinestesia, então conversei com uma colega sobre a dificuldade que as pessoas têm em se movimentar e aí surgiu a ideia de criar o jogo”, lembra a artista.

Nessa época ainda não tinha o nome Corpomancia. “Ele ainda era uma teoria, tinha ideia das cartas, dos desafios. Quando me juntei com outros artistas foi amadurecendo e fomos aprimorando sua potencialidade. A partir daí se tornou um jogo-espetáculo e surgiu o Conectivo Corpomancia”, recorda.

Para Franciella, Corpomancia é um recurso de abordagem lúdica que pode ajudar bastante nos mais diversos campos de aprendizado, já que traz a consciência corporal. “Podemos relacionar os fatores abordados no jogo com o conteúdo passado em sala de aula, já que ele leva à consciência corporal do jogador, dando autonomia psicomotora. Deste modo, eventualmente, pode ser conectado com diversas abordagens dentro da escola”, afirma.

Quem tiver interesse em conhecer o jogo e não puder participar da oficina pode acessar o site www.jogocorpomancia.com.br/ para ler as regras e baixar gratuitamente o tabuleiro. O Conectivo Corpomancia também o vende já com os dados, pinos e tabuleiro.

Serviço – A Casa de Ensaio fica na rua Visconde de Taunay, 203 – esquina com Avenida Afonso Pena –, no bairro Amambaí.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *