No primeiro dia D, Caravana da Saúde supera o numero de cirurgias de oftalmo realizadas em 2014

Compartilhe:

No primeiro dia de mobilização da Caravana da Saúde, em Campo Grande, quase 20 mil pessoas estiveram no Centro de Convenções Albano Franco, onde acontece o programa do Governo do Estado. Só nesse sábado, dia D, foram realizadas mais de 1.800 cirurgias de oftalmologia. O número superou a quantidade de procedimentos oftalmológicos feitos durante todo o ano de 2014, em Mato Grosso do Sul, quando foram feitas 1.660 cirurgias.

Segundo o coordenador da Caravana, o médico Marcelo Mello, neste sábado, foram realizadas ainda 1.800 consultas nas 11 especialidades oferecidas pelo maior programa de reestruturação do sistema de saúde do Estado.  Mais de 2 mil pessoas passaram pelas consultas de oftalmologia só neste primeiro dia de evento. Desde o dia 10 de maio foram realizados mais de 11.800 atendimentos médicos.

Os dias de mobilização serão realizados em três finais de semana do mês, sendo 14 e 15, 21 e 22 e 28 e 29 de maio. Exclusivamente nessas datas, pacientes terão acesso aos exames de colonoscopia, endoscopia, eletroneuromiografia, ultrassonografia e cirurgia de varizes, todos realizados pela Cies Global, parceira da Caravana.

Estão previstos 72,8 mil procedimentos médicos, sendo 35 mil consultas oftalmológicas e 12 mil cirurgias da mesma especialidade.

O restante estimado é de consultas em Ortopedia, Neurologia, Psiquiatria, Endocrinologia, Reumatologia, Dermatologia, Urologia, Angiologia Otorrinolaringologia, Cardiologia e Pediatria (10,8 mil procedimentos); cirurgias eletivas em hospitais da rede credenciada (quatro mil procedimentos) e exames de ressonância, ultrassonografia, tomografia, endoscopia, eletroencefalografia, eletrocardiograma, ultrassonografia com Doppler, endoscopia e eletroneuromiografia (11 mil procedimentos).

A expectativa do Governo de MS é encerrar o programa com 42 mil cirurgias realizadas nas 11 microrregiões do Estado.

Texto: Luciana Brazil.

Foto: Jessica Barbosa


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *