No cinema do Sesc de março tem filmes nacionais, estrangeiros, sessão acessível e produção local

Compartilhe:

A programação de março no cinema do Sesc Cultura traz uma série de títulos entre nacionais, internacionais, além de produção local e sessão acessível, com audiodescrição. A participação é gratuita, limitada à lotação da sala.

As sessões regulares do Cine Sesc ocorrem sempre às quartas-feiras, às 15 horas e 19 horas e às sextas-feiras, às 10 horas. Na primeira sexta de março, 01, será exibido o longa brasileiro “Paraísos Artificiais” (2012) , sobre uma jovem DJ e sua amiga, que vivem uma intensa experiência com um jovem em uma festa eletrônica, com reencontro anos depois.

Sábado, 02, às 19h30, tem sessão “Filmes daqui”, um encontro mensal para difusão dos filmes produzidos por diretores e produtores da cena audiovisual local, sempre no primeiro sábado de cada mês. Desta vez será exibido o longa Mirele Geller: peoa (2016), com direção de Débora Alves. Após a sessão, um bate-papo com os organizadores.

Nos dias 08 e 06 o Cine Sesc exibe “Anistia”, longa albanês dirigido por Bujar Alimani. A história se desenrola a partir da legalização da visita íntima na capital da Albânia, em que a esposa de um dos encarcerados se aproxima do marido de uma detenta, mas uma anistia aos presidiários atrapalha o nascimento deste novo amor.

O drama argentino “Paulina” é o título em exibição dias 13 e 15. Conta a história de uma mulher de 28 anos que larga uma promissora carreira na advocacia para ser professora em uma região problemática da Argentina, mas que tem sua crença colocada à prova ao ser estuprada por um grupo de alunos.

A sessão “Cine Sesc Acessível” será dia 14, quinta-feira, às 15 horas, quando será exibido o longa sueco “Eu sou Ingrid Bergman”, um olhar mais atento aos momentos marcantes da vida da jovem garota sueca que se tornou uma das mais celebradas atrizes do cinema americano.

Nos dias 20 e 22 o Cine Sesc exibe o drama peruano “A passageira” (2015), dirigido por Salvador Del Solar. Em Lima, a rotina de um motorista de táxi, que é ex soldado do exército em busca de redenção, vira de cabeça pra baixo quando uma mulher de seu passado sombrio, entra, subitamente, em seu carro e participa de um arriscado plano para ajudá-la a superar seus graves problemas financeiros.

Encerrando a programação do mês, as sessões de 27 e 29 de março transmitirão “Eu sou Ingrid Bergman”.

Serviço – O Sesc Cultura está localizado na Avenida Afonso Pena, nº 2270. Informações pelo telefone 3311-4300. Acompanhe a programação no site sesc.ms


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *