Rádio e TV Educativa de MS

Na Fertel, estudantes da Capital conhecem a história e a rotina da FM 104,7 e da TVE Cultura

Alunos da Escola Alternativa têm oportunidade de visitar as dependências da RTVE e saber como é feita a programação da rede pública de comunicação de MS
0
Alunos do 6º ao 8º ano da Escola Alternativa visitaram as dependências do Palácio das Comunicações nesta quinta-feira (7). (Foto: Humberto Marques)

Alunos do 6º ao 8º ano da Escola Alternativa visitaram as dependências do Palácio das Comunicações nesta quinta-feira (7). (Foto: Humberto Marques)

Alunos da Escola Alternativa visitaram na manhã desta quinta-feira (7) as dependências da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), onde puderam conhecer um pouco da história da rede pública sul-mato-grossense de comunicação e visitar mostras e os estúdios da FM 104.7 Educativa e da TVE Cultura.

Cerca de 30 estudantes do 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental participaram da visita guiada pelo diretor-administrativo da Fertel, Jucimar Luiz. Conforme o professor Alessandro Fonseca –um dos quatro que acompanharam os alunos–, a iniciativa da escola foi a de estimular os alunos a saberem mais sobre comunicações. Entre os projetos dos alunos em sala estão ações multidisciplinares que envolvem a produção radiofônica e audiovisual, por meio de celulares.

“A receptividade da Fertel foi imediata. Conversamos com o Jucimar e logo agendamos a visita”, afirmou o professor.

No Palácio das Comunicações J. Barbosa Rodrigues, os alunos foram para o estúdio principal, onde Jucimar e a coordenadora de Jornalismo Rose Rodrigues falaram sobre como funcionam uma rádio e uma emissora de TV. Na sequência, os estudantes foram à Sala da Memória Pedro. C. R. Porfírio, um pequeno museu no qual estão equipamentos usados nos primórdios da TVE Cultura.

A visita continuou pelo Espaço Cultural Jornalista Aldo Olarte de Souza, onde os estudantes puderam ver a mostra “Todo Dia é Dia”, que reúne quadros de Leonor Lage, Andréa Luz, Elias de Paula, Ângela Miracema e Adrieli Kolate com a temática indígena.

“Achei tudo muito interessante e bem divertido”, afirmou a estudante Ana Carolina Mendonça Martins, 11, do 7º ano da Alternativa. Ela disse ter se interessado sobre a história da TV e se mostrou impressionada com o trabalho dos pintores, “que são bem talentosos”. Além disso, ela disse ter saciado a curiosidade sobre a produção da rádio e TV. “Não sabia como era feito, tudo é novo para mim”.

Os alunos ainda puderam conhecer os estúdios da TVE Cultura e da FM 104.7 Educativa. O Palácio das Comunicações recebe visitas frequentes de instituições sociais e de ensino. “Em média 100 estudantes passam por aqui todos os meses”, afirmou Jucimar.

O espaço das mostras de arte e a Sala da Memória são abertos ao público-geral de segunda a sexta-feira, em horário comercial. Já as visitas aos estúdios feitas por instituições diversas podem ser agendadas pelo telefone (67) 3318-3872, com Ana Rita Dorneles. (Texto: Humberto Marques)

Confira a galeria de fotos da visita

Compartilhe:

Deixe sua resposta

Seu endereço de email não será publicado.