plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

18 de julho de 2024 - 19:20

Museu de Arte Contemporânea e Popular da UFMT oferece tour virtual com a arte de Humberto Espíndola

Humberto Espíndola, Bois de Abril, Tinta óleo sobre tela, 130 x 160 cm, 1980. Coleção do artista.

Humberto Espíndola é conhecido por ser o grande expoente do movimento da bovinocultura nas artes plásticas do Mato Grosso e no Mato Grosso do Sul. Suas telas retratam a natureza e as raízes dos estados que, antes da divisão em 1977, formavam uma única terra repleta de belezas naturais e com forte influência da cultura do boi como identidade regional.

Em setembro de 2019, Humberto Espíndola integrou a “Primavera dos Museus” no Museu de Arte Contemporânea e Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP UFMT) com exposição de telas e lançamento de livro que traz seu trabalho com poesia. As telas expostas fazem parte do acervo pessoal de Humberto Espíndola, da colecionadora Aline Figueiredo, do MACP e de outros amigos colecionadores. O livro “Pintura e Verso”, publicado pela Editora Entrelinhas, foi lançado em 24 de setembro de 2019, no MACP.

Humberto Espíndola é um dos fundadores do museu que agora permite que o público conheça algumas de suas telas e leia seus textos virtualmente, basta acessar o link abaixo para saber mais sobre o livro “Pintura e Verso” e ter um tour virtual pela exposição:

https://macpufmt.wordpress.com/2020/04/03/exposicao-pintura-e-verso-de-humberto-espindola/

 

Sobre o artista

Humberto Espíndola nasceu em Campo Grande, na época ainda Mato Grosso, em 1943. Com formação em Artes Visuais, cria e desenvolve o tema Bovinocultura desde 1967. Seu trabalho é reconhecido no Brasil e no mundo com prêmios e participações em exposições em países como Itália, México, Cuba, Colômbia, Equador, Venezuela, Chile, entre outros.

Nos bastidores, Humberto Espíndola foi coorganizador da 1ª Exposição de Pintura dos Artistas Mato-grossenses em Campo Grande (1966), cofundador e diretor-técnico da Associação Mato-grossense de Arte (AMA) (1967/1972), cofundador e diretor do MACP da UFMT em Cuiabá (1973/1982), primeiro Secretário de Cultura de Mato Grosso do Sul (1987/1990) e diretor do MARCO em Campo Grande (2002/2005).

Humberto Espíndola no lançamento do livro “Pintura e Verso” que abriu a exposição no MACP na UFMT. (foto: Maria C. Tavares)

Imagem em destaque: Humberto Espíndola, Bovinocultura VI (Viva o Leite), Tinta óleo sobre tela,
152 x 172 cm, 1968. Coleção Murillo Espínola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *