Museu da Imagem e do Som recebe doações de filmadoras da década de 90

Compartilhe:

O Museu da Imagem e do Som (MIS), unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) recebeu nesse mês de agosto como doação para seu acervo, 04 (quatro) câmeras Betacam SP da empresa Lujje Soluções aqui da capital.

As filmadoras Betacam é uma família de formatos de videotapes profissionais de meia polegada (1/2”) criada pela empresa Sony em 1982. Todos os formatos utilizam o mesmo tipo de fita magnética, que é o que define a Betacam, com a mesma largura e forma de fita. Essas câmeras foram substituídas em função da evolução no armazenamento de imagens que passaram de fitas para suportes digitais menores e com maior capacidade de armazenamento.

Com a missão de “Preservar a memória, educar para o futuro”, o Museu da Imagem e do Som tem por finalidade preservar os registros que compõem a memória visual e sonora sul-mato-grossense. Seu acervo conta com mais de 10 mil itens entre fotografias, filmes, vídeos, cartazes, discos de vinil, objetos e registros sonoros.

“Salientamos a importância desta ação para o acervo do MIS, visto que todo material que remete a história da imagem e do Som de Mato Grosso do Sul, é salvaguardado e preservado por parte da FCMS, que são oriundos das doações feitas pela comunidade ao MIS”, conta Marinete Pinheiro, coordenadora do MIS.

Doações: Pessoas ou empresas que queiram doar algum item para o acervo do MIS podem obter mais informações pelo e-mail: mis.de.ms@gmail.com ou telefone 3316-9178. O MIS está localizado no 3º andar no prédio da FCMS na avenida Fernando Correa da Costa, 559- Centro.

Texto: Jefferson Ribeiro
Fotos: Marinete Pinheiro


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *