MS é o primeiro a receber equipe do MAPA que trabalha novas adesões ao SISBI-POA

Compartilhe:

Na abertura do Seminário promovido com o objetivo de demonstrar aos gestores públicos e das agroindústrias as vantagens da adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA), o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, destacou a parceria e a sintonia das equipes da Iagro e do Ministério da Agricultura, no Estado e a importância de se discutir a qualidade do trabalho de inspeção mas principalmente do produto que chega à mesa do consumidor.

Na presença do Secretário de Defesa Agropecuária, José Guilherme Tollstadius Leal, das Diretoras do Ministério da Agricultura, Judi Nóbrega (DSN/DAS) e Ana Lucia Paula Viana (DIPOA/DAS), do Superintendente da Superintendência Federal da Agricultura de Mato Grosso do Sul,  Celso de Souza Martins, do Presidente da FAMASUL, Maurício Saito e de participantes vindos inclusive de outros Estados, Jaime falou do privilégio do Estado em ser o primeiro a receber a equipe do ministério, do apoio que se pretende dar a essa iniciativa e da importância da sensibilização dos gestores para o tema, destacando que o sucesso da mobilização já mostra o interesse de todos na discussão da melhoria das condições para adesão ao sistema SISBI-POA.

Jaime disse ao o Secretário de Defesa Agropecuária, dando ressonância a expectativa dos prefeitos, da urgência da publicação do Decreto que trata da questão dos consórcios. “É importante que tenhamos essa sinalização muito clara do Ministério, no momento em que nós teremos o Decreto que permite aos consórcios fazer esse trabalho conjunto”. Lembrando do trabalho que está sendo realizado em Mato Grosso do Sul para que municípios e agroindústrias tenham condições de aderir ao Sistema. “Tudo isso é feito para que o consumidor tenha um produto de qualidade na sua mesa. A lógica de tudo isso que nós vamos fazer, do trabalho dos médicos veterinários, é para que tenhamos a garantia de um produto de qualidade”.

O Secretario comentou sobre a participação dele, juntamente com o Governador Reinaldo Azambuja e a Ministra Tereza Cristina no Salão da Avicultura e Suinocultura, em São Paulo, na última semana, onde foram destaques a preocupação com a qualidade, a diversidade de produtos e a segurança alimentar.

“As ações para avançar, crescer e ganhar mercado, passam necessariamente pela capacidade de manter o nosso trabalho de inspeção em constante evolução e é para isso que nós estamos aqui hoje”. Concluiu Verruck.

A Diretora do Departamento de Suporte e Normas do Ministério da Agricultura, Judi Nóbrega fez uma explanação do histórico, dos benefícios e resultados do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária.

Ao apresentar os dados nacionais de adesão ao SISBI, a Diretora destacou a eficiência do trabalho realizado em Mato Grosso do Sul, que tem o maior índice, cerca de 13,9%, o que corresponde a 11 municípios inseridos no sistema, maior índice entre os entes.

Além desta palestra, os participantes receberam orientações detalhadas sobre os requisitos para adesão ao Sistema, conheceram casos de sucesso, ouviram sobre a importância dos autocontroles, tais como as Boas Práticas de Fabricação (BPF), Procedimentos Padrão de Higiene Operacional (PPHO) e o Sistema de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) com a participação do chefe da Coordenação de Animais Terrestres, o auditor fiscal federal agropecuário, Plínio Leite Lopes, e o Corregedor-Geral Nélio do Amparo Macabu Júnior, ambos do Ministério da Agricultura.

Curso para Médicos Veterinários

Nesta terça-feira, dia 3, tem início o Curso de Atualização em Inspeção Higiênico-Sanitária e Tecnológica de carnes voltado aos Médicos Veterinários dos Serviços de Inspeção dos Estados e Municípios.

O objetivo do curso é proporcionar aos médicos veterinários inspetores oficiais, que atuam no Serviço de Inspeção (SI) de Estados e Municípios, a atualização necessária sobre inspeção ante e post mortem das principais espécies de abate (aves, bovinos e suínos), verificação oficial dos programas de autocontrole (BPF, PPHO e APPCC) visando à equivalência ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA) do Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (SUASA).

Confira a programação:

03 de Setembro

04 de Setembro

A realização dos dois eventos é uma ação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio do Departamento de Suporte e Normas (DSN) e do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) da Secretaria de Defesa Agropecuária com apoio da Superintendência Federal da Agricultura no Mato Grosso do Sul (SFA-MS), a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso do Sul (FAMASUL), com apoio do Governo do Estado, através da Semagro.

Kelly Ventorim, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO) 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *