plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de julho de 2024 - 21:01

Marinice Penajo encaminha Projeto de Lei que institui a Semana Municipal da Mulher com a campanha Maria da Penha vai à Escola.

A Semana Municipal da Mulher iniciará sua campanha “Maria da Penha vai à Escola” que tem o objetivo da redução da desigualdade de gênero e o empoderamento das mulheres e meninas são fundamentais para o alcance do desenvolvimento humano sustentável. A ONU, buscando transformar pessoas, fortalecer a paz universal e combater desigualdades, lançou 17 objetivos de Desenvolvimento Sustentável e uma agenda para cumprimento das metas, merecendo destaque o ODS 5 – Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as meninas e mulheres. A proposta é trabalhar para o fim da discriminação contra mulheres; para o fim da violência de gênero, de raça e de etnia; para o fim do preconceito contra pessoas com deficiência; para que mulheres e meninas sejam reconhecidas igualitariamente em relação aos homens e meninas dentro de suas sociedades.

Acreditando que a educação é grande parceira no enfrentamento á violência contra a mulher e meninas e partindo da premissa que a escola é o local apropriado para discussões referentes à cidadania, respeito ao próximo, vivência em sociedade e combate ás diferentes formas de violência, preconceitos e discriminações, visando à construção de uma cultura de paz.

Com o objetivo de falar para estudantes do ensino das escolas A Coordenadoria da Mulher do Munícipio de Maracaju, O conselho da
Mulher, a Secretaria de Assistência Social e o Gabinete do Prefeito ficarão responsáveis pelos eventos e atividades, realizando a seleção das escolas
considerando a maior vulnerabilidade social da comunidade e o agendamento de datas e horários.

O projeto Maria da Penha vai à Escola em alusão à sanção da Lei Maria da Penha, que criou mecanismos para prevenir e coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher e é tida como uma das três melhores leis do mundo na proteção à mulher em situação de violência.

Texto: Assessoria

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *