Julho chega com muito vento e temperaturas baixas em todas as regiões do Brasil

Compartilhe:

Nos primeiros cinco dias de julho de 2017, uma forte queda da temperatura foi observada em áreas de todas as regiões do Brasil.  Em Mato Grosso do Sul desde o início deste mês até hoje (6.7), a média de temperatura mínima registrada foi de 13ºC e a máxima chegou a 25ºC, mas a sensação térmica foi bem menor.

Intensas rajadas de vento entre 60km/h e mais de 100 km/h foram observadas em estados de todas as regiões do País. O vento aumentou a sensação de frio.

Por que tanto vento e tanto frio?

O frio intenso e a ventania são provocados por uma grande e forte massa de ar frio de origem polar que chegou ao país neste início de julho. Seu centro de alta pressão atmosférica atingiu entre 1038 hPa e 1040 hPa sobre o mar. O valor da pressão do ar é uma medida da força de uma massa de ar frio polar, que é uma alta pressão atmosférica. O fortes ventos desta massa de ar polar levaram o frio para o interior do país. O centro de alta pressão que é a região mais fria, está sobre o mar na costa da Região Sul.

O vento gelado entrou forte sobre o Centro-Oeste, sobre o Nordeste e chegou ao Tocantins fazendo a temperatura despencar. Em Mato Grosso do Sul, na última semana de junho, as temperaturas tiveram máxima de 27° C e mínima de 16ºC.

Além do frio, o vento forte também foi destaque nos primeiros dias de julho de 2017. O dia 4 de julho foi com muito vento no Sudeste, no Centro-Oeste, no Nordeste e no Tocantins. Veja mais detalhes.

Previsão

A previsão para os próximos dias em Mato Grosso do Sul é de aumento de temperatura com máximas chegando a 27°C e mínimas a 16ºC.

Karla Tatiane – Subsecretaria de Comunicação (Subcom), com informações do Terra 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *