Jornal do Rádio: Rali movimentará economia com prestação de serviço

Compartilhe:

Outras ações culturais movimentam estado já neste mês

O “Rally dos Sertões”, segundo maior campeonato de rali do mundo, cruzará Mato Grosso do Sul e terminará em Bonito. Renato Roscoe, secretário de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), recebeu a notícia em Palmas/TO, no encerramento da edição deste ano. Ele participou da edição de hoje do Jornal do Rádio, veiculado na 104 FM e TV Educativa, e comentou a notícia.

“Só a organização movimenta duas mil pessoas. Será um evento importante para Mato Grosso do Sul, pois não passará somente por Bonito”, disse Roscoe. De acordo com o secretário, outros locais de passagem serão definidos junto à equipe do rali. O evento começa no dia 16 de agosto de 2017 em Goiânia/GO e chegará a MS pelo norte do estado, com encerramento previsto para o dia 26.

Competição de alto nível, o “Rally dos Sertões”, além da contribuição com a economia dos municípios em que passará, realizará ações de responsabilidade social. “Teremos atividades na saúde. Uma carreta acompanhará os competidores e oferecerá tratamento médico e odontológico nas cidades. Além disso, mitigarão todos os impactos que eles próprios causam, com o replantio de árvores, por exemplo”, explicou o secretário.

Dança e teatro

Sendo, em alguns casos, as únicas apresentações culturais, a Sectei promove circuito de teatro em 48 municípios de Mato Grosso do Sul. Com a iniciativa, que acontece em parceira com a Secretaria de Educação (SED), a população tem acesso e interage com diferentes manifestações culturais. A prioridade, segundo o titular da Sectei, é levar esses eventos para o interior. “É formidável, um prazer muito grande quando vemos as plateias lotadas. E tudo gratuito”, disse.

Primavera dos museus e Centenário de Manoel de Barros

Evento nacional, a Primavera dos Museus em Mato Grosso do Sul abrangerá 25 municípios e 52 museus. O evento inicia hoje (20), em Campo Grande,  no Museu de Arte Contemporânea (Marco), no Parque das Nações Indígenas, às 19h.

Concomitante ao evento, será lançado o Centenário de Manoel de Barros. “Serão cem anos em cem dias. Uma programação que se estenderá até dezembro. Mais uma parceria com a SED vai promover concursos de desenho e redação nas escolas sobre o centenário”, lembrou Barros.

Em dezembro, na TV Educativa, o programa Cult.e vai debater a trajetória do artista no especial “Delírios de Manuel de Barros”.

Mais informações no site da Fundação de Cultura (aqui), e na página da Sectei no Facebook (aqui).


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *