plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

4 de fevereiro de 2023 - 02:37

Jornal do Rádio: Estatística mostra eficiência da Polícia Civil, diz delegada

Líder no ranking de elucidação de homicídios, Mato Grosso do Sul tem cerca de 70% dos casos esclarecidos pela Polícia Civil, destacou nessa quinta-feira a delegada Sidnéia Tobias, diretora do Departamento de Polícia da Capital.

P1130216
Delegada Sidnéia Tobias

Em entrevista ao Jornal do Rádio e Jornal da TVE, a delegada informou que dados do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mostram que a média nacional de elucidação de homicídios é de 30%. Em Campo Grande, a estatística está acima da média estadual, com índice de 73%.

“Esse número positivo é resultado do trabalho incansável dos profissionais da Polícia. Dos casos ocorridos este ano na Capital e municípios vizinhos (Jaraguari, Rochedo, Corguinho, Bandeirantes, Terenos e Sidrolândia) chegamos a 79,67% de elucidação. No último mês, aumentamos a meta para quase 100%.

Diretriz

De acordo com a delegada, o governador Reinaldo Azambuja pediu, assim que assumiu, que a Polícia seja uma instituição profissional e dedicada, acolhedora, para que a população tenha segurança e confiança em re3lação ao trabalho dos policiais.

“Quando entramos e começamos a trabalhar nesta gestão o pedido do governador à nossa equipe foi de que a prioridade seria a qualificação e valorização dos policiais e uma segunda coisa que o ele pediu e eu concordo plenamente foi de que o atendimento seja otimizado, uma vez que o desejo é que a população se sinta acolhida pela instituição”.

De acordo com a diretora do Departamento de Polícia da Capital, na semana passada houve uma reunião com os conselhos de segurança para estreitar laços. “Eu acredito muito na integração Polícia e comunidade, creio que o cidadão de bem ele tem que denunciar e participar, as pessoas podem denunciar, sem medo pois não irão ser identificadas”, afirmou Sidnéia Tobias.

(Foto: Rogério Medeiros)
Colaboração: Willian Leite – Estagiário (Jornalismo)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *