João Fígar e Odon Nakazato participam do Na Cadeira do DJ desta segunda-feira

Pedra que Brilha foi lançado por João Fígar e Odon Nakazato em 2017; músicos participam do programa Na Cadeira do DJ desta segunda (11). (Imagem: Reprodução)

Pedra que Brilha foi lançado por João Fígar e Odon Nakazato em 2017; músicos participam do programa Na Cadeira do DJ desta segunda (11). (Imagem: Reprodução)

Os músicos João Fígar e Odon Nakazato são os convidados de Gilson e Celito Espíndola desta segunda-feira (11) no programa Na Cadeira do DJ, da FM 104.7 Educativa. O bate-papo promete muito conteúdo sobre a música sul-mato-grossense e o trabalho de João e Odon –que em 2017 lançaram um CD em parceria e, neste ano, divulgam produções próprias.

Cantor e compositor, João Fígar iniciou a carreira ainda aos 9 anos, ganhando prêmio de melhor intérprete no Festival Roda da Canção Infantil em 1969, no Teatro Glauce Rocha. Desde então, dedicou a vida à música: participou do Grupo Therra (aos 15 anos), do Tetê e o Lírio Selvagem (19), do projeto “Pantanal Alerta Brasil” no MIS (Museu da Imagem e do Som) de São Paulo e do Azamba.

Também teve trabalhos solo e foi indicado para prêmio “Cantor revelação pop/rock” no Prêmio Sharp de Música, em 1986. Dividiu palco com nomes como Tetê Espíndola, Carlos Colman, Roberto Espíndola, Orlando Brito, Almir Sater, Ney Matogrosso e Guilherme Rondon. Hoje, concilia a atuação à divulgação da música regional por meio de projetos culturais.

Odon Nakazato começou a trajetória no fim dos anos 1970 em festivais estudantis, sendo alvo da censura do regime militar –não pôde apresentar a música “Olha” em um festival em São Paulo, graças às críticas sociais na música.

Esteve no Voo Livre, Vezes e no Grupo Acaba, entre os anos 1980 e 1990, acompanhando os amigos Geraldo Espíndola e Carlos Colman. Em 1988, Odon foi responsável pela abertura do primeiro estúdio profissional do Estado, o Vozes. Também tem suas digitais no MS do Som (1994), Festival do Mercosul (1996 e 1997), Show da Virada (1999-2000) e no show alusivo aos 50 anos do Grupo Acaba, em 2016.

Em 2017, lançou com o amigo João Fígar o CD “Pedra que Brilha”, em 2018 apresenta a obra autoral “Fragmentos”.

Sintonize – Apresentado pelos músicos Celito e Gilson Espíndola, integrantes de uma das mais talentosas famílias de artistas sul-mato-grossenses, o Na Cadeira do DJ dá os convidados o poder de definirem as atrações musicais durante um bate-papo descontraído no qual falam sobre a carreira, música, projetos e outros temas variados.

O programa vai ao ar às quartas-feiras, das 10h30 às 11h30, na FM 104.7 Educativa. Os ouvintes também podem acompanhar o programa pelo Portal da Educativa (no link “Ouvir a Rádio”).

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *