plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

21 de junho de 2024 - 21:02

Incêndios mataram 17 milhões de animais no Pantanal, diz estudo de pesquisadores

(Foto: Reprodução/Internet)

As queimadas que atingiram a região do Pantanal no ano passado mataram, pelo menos, 17 milhões de animais. A conclusão é de um estudo realizado por 30 pesquisadores da Embrapa Pantanal, do ICMBio e do Ibama, além de universidades federais e organizações não-governamentais.

Para chegar a esse resultado, os pesquisadores fizeram uma série de transectos, que são trilhas em linha reta, para coletar as amostras de animais mortos nos incêndios.  Ao todo, o grupo percorreu 114 quilômetros por todo o Pantanal. A partir das amostras, os pesquisadores aplicaram um modelo matemático para chegar ao número de dezessete milhões de animais vertebrados mortos pelos incêndios em 2020.

A bióloga Gabriela Alvarenga, pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso, participou da força-tarefa. A cientista conta que 60% das vítimas foram serpentes aquáticas, que são animais abundantes no terreno alagadiço do Pantanal.

A pesquisadora explicou que a ciência precisa de mais tempo para avaliar os impactos que as queimadas estão causando no Pantanal. Gabriela Alvarenga ressaltou, no entanto, que as mudanças climáticas estão agravando as secas na região, aumentando a probabilidade de novos incêndios.

Confira as informações com a repórter Maristela Cantadori

  • Os resultados do estudo abrangem o período entre janeiro e novembro de 2020. No ano passado, o Pantanal sofreu o maior incêndio já registrado na região. As chamas destruíram cerca de 4 milhões de hectares, o que representa 26% da área de todo o bioma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *