Governo leva orientações sobre violência contra mulheres a 17 escolas estaduais em agosto

Compartilhe:

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado de MS, por meio do projeto ‘Maria da Penha vai à Escola’ leva palestras sobre a violência contra as mulheres a 17 escolas estaduais de Campo Grande neste mês de agosto. A ação é realizada pela Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres, vinculada à Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SED).

Nesta terça-feira (2), a equipe estará na Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha, no bairro Jardim Tarumã. A programação faz parte do Agosto Lilás e tem como objetivo o combate à violência contra a mulher.

O projeto ‘Maria da Penha Vai às Escolas’ foi criado em alusão à Lei n. 11.340/2006, conhecida como Leia Maria da Penha e propõe palestras de cunho informativo e preventivo. Ao todo, as ações atingem 5 mil estudantes de 18 escolas estaduais de Campo Grande, promovendo a reflexão sobre a violência contra a mulher, além de levar orientação sobre como combater a agressão às jovens e meninas.

Confira a programação de agosto do projeto:

2/8 – EE Manoel Bonifácio Nunes da Cunha: 10h e 16h;

8/8 – EE Profª Clarinda Mendes de Aquino: 10h, 16h e 19h30;

9/8 – EE Carlos Henrique Schrader: 10h e 16h;

10/8 – EE 11 de Outubro: 10h e 16h;

12/8 – EE Arthur de Vasconcelos: 10h;

15/8 – EE Amando de Oliveira: 10h e 16h;

15/8 – EE José Ferreira Barbosa: 19h30;

16/8 – EE José Mamede de Aquino: 10h e 16h;

17/8 – EE João Carlos Flores: 10h, 16h e 19h30;

18/8 – EE Profª Thereza Noronha de Carvalho: 10h;

19/8 – EE Padre José Scampini: 10h e 16h;

22/8 – EE Profª Ada Teixeira dos Santos Pereira: 10h;

22/8 – EE Maestro Heitor Villa Lobos: 19h30;

23/8 – EE Profª Célia Maria Náglis: 10h e 16h;

25/8 – EE Profª Hilda de Souza Ferreira: 10h;

29/8 – EE Adventor Divino de Almeida: 10h;

30/8 – EE Rui Barbosa: 10h.

Texto: Assessoria de Comunicação/ SED

Foto: Xuxa


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *