plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Governo investe em quatro meses R$ 479,5 milhões em saúde

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, já investiu R$ 479.523.272,05 do total de R$ 637.134.773,74 previsto para execução de serviços de saúde no 1° quadrimestre de 2021. Mato Grosso do Sul permanece na liderança com 86,66% de investimentos com recursos próprios nas ações voltadas para a saúde pública. Os dados foram apresentados pelo secretário de Saúde, Geraldo Resende, durante a prestação de contas realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

“Nós fazemos questão de apresentar uma resposta a toda a população sobre as nossas ações que temos desempenhados neste período. A nossa gestão prima pela transparência e somos o maior na aplicação de recursos em relação a todos os recursos disponibilizados”, afirmou o secretário de Estado de Saúde.

O vice-presidente da Comissão de Saúde da Alems, deputado estadual Felipe Orro, destacou a importância do gestor de saúde, bem como equipe técnica, em mostrar as ações de trabalho da Saúde. Na ocasião, ainda alertou a população para que sigam com as recomendações de biossegurança. “Evitem sair de casa desnecessariamente e evitem aglomerações. Tudo isso pode salvar vidas”.

Segundo a coordenadora de Planejamento e de Informação em Saúde (CPIS) da SES, Vanessa Rosa Prado, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) apresenta um relatório mais detalhado sobre o que tem realizado neste primeiro quadrimestre. “Nos relatórios apresentamos um resumo das contas, do programado e do executado. Apresentamos ainda os dados de serviço e de gestão própria conforme estabelece a Lei, mas também falamos diretamente com a população sobre as entregas e o que já fizemos em cada período”.

Entre os principais investimentos apresentados pela SES à ALEMS, está a execução do Hospital Regional de Dourados, que está na 31ª medição e já representa 30,29% de execução. Já o Hospital Regional de Três Lagoas está na 43ª medição e representa 91,62% de execução dos blocos A/B/D.

Com apoio de recursos proveniente de emendas parlamentares, a SES direcionou recursos para o Hospital Regional de Ponta Porã, Hospital de Cirurgias da Grande Dourados, Hospital Regional de Três Lagoas, Lacen/Vigilância Epidemiológica, Hemorrede e programas da SES.

Outro ponto lembrado pela coordenadora é com relação ao Estado apresentar resultados positivos em diversas ações de enfrentamento ao coronavírus. “Nós temos nos destacado em logística e somos o primeiro Estado na execução de vacinas e para nós isso é muito gratificante porque mostra o quanto fomos atuantes nesta pandemia”, diz Vanessa.

A SES firmou pactuação para reduzir em 10% a mortalidade materna até 2023. “Para isso, vamos entrar um projeto bastante arrojado em que o nosso objetivo é zerar essa mortalidade em nosso Estado”, lembra a coordenadora.

As articulações com os municípios também integram as ações de trabalho da SES. “Desenvolvemos um trabalho com os municípios ocupando as instâncias de discussão e o Estado está muito forte neste papel de coordenador a rede do SUS. Sabemos que 62% dos gestores municipais e técnicos de planejamento de gestões foram trocados. Preocupada com isso, estamos fazendo acompanhamentos com eles, orienta e buscando novas estratégias, parcerias, tanto para suporte financeiro e quanto técnico em diversas ações.

Assim, a SES deve trabalhar com ações voltadas no Projeto Integra SUS tendo como proposta o planejamento do SUS e o planejamento regional integrado. Além, de da continuidade aos projetos como o Planifica SUS e o Guia Orientador – que vem de encontro com o fortalecimento da vigilância e da Atenção Primária em Saúde e que são metas do Plano Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul.

A SES apresentou ainda a prestação de contas do 3º quadrimestre de 2020 e do Exercício 2020 que não foram apresentados devido a portaria da ALEMS, que adotou medidas restritivas em razão da Covid-19.

Rodson Lima, SES

Foto: Wagner Guimarães, ALEMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *