Governador assina ordem de serviço para reconstrução de ponte que desabou em Guia Lopes da Laguna

Compartilhe:

O governador Reinaldo Azambuja participou de solenidade em comemoração ao aniversário de 79 anos do município de Guia Lopes da Laguna, na manhã deste domingo (19) e assinou ordem de serviço para a reconstrução da ponte de concreto sobre o Rio Santo Antônio, no valor de R$ 4,7 milhões e prazo de conclusão de seis meses.

A nova ponte será construída ao lado da outra, que ficou conhecida nacionalmente após moradores flagrarem o momento exato de seu desabamento, em janeiro de 2016.  Azambuja lembrou o episódio e destacou que o compromisso do governo do Estado é realizar uma obra de qualidade em tempo reduzido.

O governador lembrou também que o Estado aguardou mais de um ano o resultado das investigações e perícias sobra a ponte que desabou, ainda não concluídas pelo  poder judiciário, e decidiu construir a nova ao lado dos escombros da antiga, para dar mobilidade e facilitar o trânsito dos moradores de Guia Lopes e região e principalmente os grandes e pequenos produtores rurais. A ligação de concreto sobre o rio é fundamental para o escoamento da produção de grãos e bois pela rodovia MS-382.

“Nesse tempo que se passou, nós tivemos ali perícia, fiscalização, devido a uma obra mal feita, com má qualidade, que as águas do rio levaram. E agora, hoje nós temos a grata satisfação de estar aqui, podendo oferecer a Guia Lopes e toda região, o início de uma obra que é a construção de uma nova ponte, um investimento de mais de R$ 4,7 milhões em recursos do governo do Estado”, afirmou.

Azambuja também a empresa contratada para construir a nova ponte, a Prudenstaca Sociedade de Engenharia e Construções Ltda, para acelerar a obra e concluí-la antes do prazo de seis meses, frisando, no entanto, que “seja mantida o padrão de qualidade que exigimos para todas as nossas entregas”.  O secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, que participou da comitiva do governador, garantiu que as obras da nova ponte começam em uma semana.

“Tivemos que mudar o traçado da rodovia, para construir a ponte em outro local, e essa obra tão esperada pela população dessa região nos exigiu muito estudos, o projeto foi refeito e vamos atropelar o seu cronograma, mantendo o alto padrão que o empreendimento requer. O dinheiro está em caixa”, disse Miglioli. Segundo o secretário, o governo ainda não sabe o que fará com o entulho da antiga ponte e aguardará a perícia judicial para tomar uma decisão.

A nova ponte, ao contrário da anterior, que tinha espaço para a passagem de apenas um veículo e media 60 metros, terá 120 metros de largura (duas pistas e uma passarela) e 80 metros de extensão. O governador disse que o novo projeto atende a demanda do tráfego e as características da rodovia estadual, que será asfaltada para reduzir distância aos produtores de Dourados e Ponta Porã que usarão o terminal fluvial de Porto Murtinho para escoar sua safra.

Além do lançamento da obra da nova ponte, Reinaldo Azambuja entregou outras duas de concreto em estradas vicinais do município: uma de 60 metros, também sobre o Rio Santo Antônio, e a de 30 metros, sobre o Córrego Desbarrancado, totalizando investimentos de R$ 2,3 milhões. O Governo do Estado ainda está construindo uma ponte de concreto sobre o Córrego Santa Teresa, também na MS-382, que está entregue brevemente. O investimento é de R$ 1,8 milhão.

Com informações de Portal do MS


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *