plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

9 de fevereiro de 2023 - 01:34

FCMS realiza última oficina do ano do projeto Artesania no Memorial da Cultura Indígena

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) realiza a partir desta terça-feira (8) a última oficina de 2022 do projeto Artesania: será a Oficina de Cerâmica Terena com a artesã Rosenir Batista. A oficina acontece de 8 a 11 de novembro, das 8 às 17 horas no Memorial da Cultura Indígena, que fica na Rua Galdino Pataxó, 131, Bairro Tiradentes, em Campo Grande/MS.

O público-alvo são alunos selecionados pelas lideranças da comunidade indígena residente na Aldeia Urbana Marçal de Souza. O objetivo é a formação de novos artesãos por meio do repasse da técnica tradicional de modelagem da cerâmica Terena: apresentação e preparo da matéria-prima (argila); modelagem de objetos utilitários como travessas e panelas; processo de secagem e técnicas de queima das peças; pintura e acabamento.

A seleção da instrutora pela GDAA deve-se à especificidade de seu trabalho como artesã da etnia Terena, além da experiência que ela vem adquirindo como ministrante, contando com o apoio das associações de artesãos do Mato Grosso do Sul.

A índia Terena Rosenir Batista é uma das principais representantes da arte em Cerâmica Terena em Mato Grosso do Sul, dom adquirido de seus ancestrais, e lapidado desde sua infância. Hoje a matriarca repassa este conhecimento e cultura para seus descendentes, e o conhecimento e as técnicas continuam sendo passadas de geração em geração. Além de repassar seu conhecimento para sua família e seu Povo, ela também já ministrou diversas oficinas de capacitação para outros artesãos.

A oficina é uma ação do Projeto ARTESANIA MS que, desde 2007, leva oficinas de artesanato, design e gestão para bairros da capital e para os municípios do interior de Mato Grosso do Sul. Está atendendo a uma demanda agendada pela própria comunidade.

A FCMS, por meio da Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais, tem levado o projeto para o interior do Estado desde 2007 com o objetivo de empreender a curto e médio prazo numa fonte local de trabalho e renda sustentável. Assim, tem contribuído ativamente para a criação de núcleos produtivos com respaldo e cuidados específicos para sua inserção no mercado competitivo.

A ação proposta é focada na disseminação do saber e técnicas do fazer artesanal entre os membros da etnia Terena; no fomento às atividades culturais tradicionais do Mato Grosso do Sul como patrimônio cultural imaterial do Estado; além da possibilidade de geração de trabalho e renda na comunidade selecionada.

O espaço para a realização do curso foi cedido pela Sectur/PMCG.

Karina Lima
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *