Exposição “Mulheres EmCanto” será aberta nesta terça no Espaço Cultural da Fertel

Compartilhe:

Parceria com Projeto Memória Fonográfica destaca mulheres da música de Mato Grosso do Sul
Exposição será aberta nesta terça-feira, quando também ocorre inauguração de galeria dos ex-presidentes da Fertel. (Imagem: Divulgação)
Exposição será aberta nesta terça-feira, quando também ocorre inauguração de galeria dos ex-presidentes da Fertel. (Imagem: Divulgação)

A exposição “Mulheres EmCanto” resgata a música das mulheres sul-mato-grossenses por um recorte do Projeto Memória Fonográfica, de Carlos Luz. O projeto faz parte do acervo do Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul. O pesquisador reúne um catálogo fonográfico registrado com 33 mil obras com registros em LP, K7 e CDs, todos de artistas dos mais variados estilos musicais do estado.

Parte deste acervo compõe a exposição que será realizada entre 16 de abril e 31 de maio no Espaço Cultural Aldo Olarte de Souza, que fica na sede da Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul).

Exposição visa a valorizar o papel das mulheres na história fonográfica do Estado. (Imagem: Divulgação)
Exposição visa a valorizar o papel das mulheres na história fonográfica do Estado. (Imagem: Divulgação)

Para Carlos, “tudo começou quando trabalhava em uma gravadora, a Sapucaí, desenvolvendo um catálogo musical. A partir daí começou meu interesse em preservar a memória fonográfica de Mato Grosso do Sul”. Para se ter uma ideia, não é apenas a memória musical que o projeto contempla: o registro em fonograma é a prioridade, tanto que um dos mais importantes integrantes do acervo é o áudio da peça da teatróloga Glauce Rocha “O Belo Indiferente”, em que ela interpreta e que foi gravado em um vinil em 1975.

A curadora do espaço Fertel, Ana Rita Moraes, buscou no Projeto Memória Fonográfica o recorte para montar a exposição “Mulheres EmCanto”. “A ideia foi contemplar o projeto Memórias Fonográficas e homenagear as artistas, cantoras, musicistas do Estado, focando no regional e feminino”, explicou ela.

A exposição será aberta na terça-feira (16) às 9h30 no Espaço Fertel, com a presença confirmada de Delinha e seu filho, João Paulo, que se apresentarão. Na mesma ocasião, ocorre a abertura da galeria permanente de ex-presidentes da Fertel, homenageando todos aqueles que administraram a entidade desde sua fundação em 1984.

Serviço:
Abertura da exposição “Mulheres EmCanto” e inauguração da galeria de ex-presidentes da Fertel
Quando: 16 de abril, às 9h30
Onde: Espaço Cultural Aldo Olarte de Souza, na Fertel –avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, s/n, Parque dos Poderes, Campo Grande (MS).
Entrada gratuita


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *