Exposição “Mulheres EmCanto” será aberta nesta terça no Espaço Cultural da Fertel

Parceria com Projeto Memória Fonográfica destaca mulheres da música de Mato Grosso do Sul
Exposição será aberta nesta terça-feira, quando também ocorre inauguração de galeria dos ex-presidentes da Fertel. (Imagem: Divulgação)
Exposição será aberta nesta terça-feira, quando também ocorre inauguração de galeria dos ex-presidentes da Fertel. (Imagem: Divulgação)

A exposição “Mulheres EmCanto” resgata a música das mulheres sul-mato-grossenses por um recorte do Projeto Memória Fonográfica, de Carlos Luz. O projeto faz parte do acervo do Museu da Imagem e do Som de Mato Grosso do Sul. O pesquisador reúne um catálogo fonográfico registrado com 33 mil obras com registros em LP, K7 e CDs, todos de artistas dos mais variados estilos musicais do estado.

Parte deste acervo compõe a exposição que será realizada entre 16 de abril e 31 de maio no Espaço Cultural Aldo Olarte de Souza, que fica na sede da Fertel (Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul).

Exposição visa a valorizar o papel das mulheres na história fonográfica do Estado. (Imagem: Divulgação)
Exposição visa a valorizar o papel das mulheres na história fonográfica do Estado. (Imagem: Divulgação)

Para Carlos, “tudo começou quando trabalhava em uma gravadora, a Sapucaí, desenvolvendo um catálogo musical. A partir daí começou meu interesse em preservar a memória fonográfica de Mato Grosso do Sul”. Para se ter uma ideia, não é apenas a memória musical que o projeto contempla: o registro em fonograma é a prioridade, tanto que um dos mais importantes integrantes do acervo é o áudio da peça da teatróloga Glauce Rocha “O Belo Indiferente”, em que ela interpreta e que foi gravado em um vinil em 1975.

A curadora do espaço Fertel, Ana Rita Moraes, buscou no Projeto Memória Fonográfica o recorte para montar a exposição “Mulheres EmCanto”. “A ideia foi contemplar o projeto Memórias Fonográficas e homenagear as artistas, cantoras, musicistas do Estado, focando no regional e feminino”, explicou ela.

A exposição será aberta na terça-feira (16) às 9h30 no Espaço Fertel, com a presença confirmada de Delinha e seu filho, João Paulo, que se apresentarão. Na mesma ocasião, ocorre a abertura da galeria permanente de ex-presidentes da Fertel, homenageando todos aqueles que administraram a entidade desde sua fundação em 1984.

Serviço:
Abertura da exposição “Mulheres EmCanto” e inauguração da galeria de ex-presidentes da Fertel
Quando: 16 de abril, às 9h30
Onde: Espaço Cultural Aldo Olarte de Souza, na Fertel –avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, s/n, Parque dos Poderes, Campo Grande (MS).
Entrada gratuita

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *