plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Estiagem provoca queda de 34,6% na safra da soja: 8,6 milhões de toneladas colhidas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Dados divulgados pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) junto com a Aprosoja/MS (Associação de Produtores de Soja de MS) e Famasul (Federação da Indústria de Mato Grosso do Sul) apontam drástica queda na produtividade da soja para safra de soja 2021/2022, que resultou no menor volume colhido nos últimos cinco anos em Mato Grosso do Sul.

Foram produzidas no Estado 8,6 milhões de toneladas, retração de quase 35% na comparação com a safra anterior. A produtividade média caiu do montante estimado de 56 sacas por hectare para 38,65 sc/ha.

A estiagem verificada nos últimos meses do ano passado interferiu no desenvolvimento das plantas e provocou perdas significativas em grande parte das lavouras. O resultado foi uma quebra na safra equivalente ao mesmo montante de soja exportado anualmente por Mato Grosso do Sul: 4 milhões de toneladas.

Na região Sul, que responde por 62,4% da área total ocupada pela soja no Estado, a produtividade média foi de 27,85 sacas por hectare. A região Central apresentou produtividade média um pouco acima – 46,67 sc/ha -, porém só representa 22,4% da área total. O melhor desempenho da cultivar aconteceu na região Norte, com média de 71,15 sc/ha, sendo que representa aproximadamente 15,2% da área estadual ocupada com a cultura.

Confira mais na reportagem de Maristela Cantadori:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.