Estado contrata conclusão de 7 km de asfalto em subtrecho da MS-382, em Bonito

Compartilhe:

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado retomará a obra de pavimentação asfáltica na MS-382, subtrecho de 7,88 km entre o centro urbano de Bonito e a entrada para as grutas Lago Azul e São Miguel, dois dos principais atrativos turísticos da região.

O serviço foi paralisado em 2019, com a desistência da firma contratada, e nova licitação foi feita, cujo aviso de resultado foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (02.01). A conclusão do pavimento será executada pela Teccon SA Construção e Pavimentação, ao custo de R$ 6 milhões.

A MS-382 integra o corredor turístico, que ligará Bonito à região de Aquidauana, Miranda, Corumbá e ao centro do Pantanal, chegando a Coxim e Rio Verde, no Norte do Estado. O projeto prevê pavimento do segundo trecho, até a Baía das Garças, em uma nova etapa, totalizando 45 km.

Governador Reinaldo Azambuja, ao lado do prefeito de Bonito, Odilson Soares, em visita à obra da MS-382, no ano passado. Foto: Chico Ribeiro

A rodovia dá acesso à região do Nabileque – Pantanal de Corumbá e Porto Murtinho – e se interliga com outros troncos, em direção a BR-262, por meio das MS-339 e MS-185. O asfaltamento da MS-382 tem recursos do Estado (Fundersul) e do Ministério do Turismo.

Pontes e pavimento

O DOE também publicou, às páginas 41 a 43, avisos de resultados de licitação para obras de infraestrutura urbana – pavimentação e drenagem de águas pluviais – e construção de quatro pontes de concreto, com investimento total de R$ 7,2 milhões.

As obras de infraestrutura urbana serão executadas em diversas ruas do Bairro Spartaco Astolfi, em Eldorado; Avenida João S. Pereira e Rua José M. Ferreira, em Bodoquena; e Rua Rua Piritã e adjacentes, em Jardim.

As pontes de concreto, entre 25 metros e 40 metros, serão construídas em rodovias vicinais sobre o Córrego Roncador, em Pedro Gomes; sobre o Rio Samambaia, no Assentamento São Luiz (Batayporã); e no Rio Iguatemi (Coronel Sapucaia). Também será implantada uma travessia sobre o Córrego Ribeirão dos Bois (MS-324), em Água Clara.

Texto: Sílvio de Andrade 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *