plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

20 de junho de 2024 - 06:17

Em lançamento oficial, Programa Cidadania Viva possibilita vivência dos eixos de atuação

A Secretaria de Cidadania e Cultura (Secic), apresentou oficialmente nessa quinta-feira (31), os jovens bolsistas selecionados para o Programa Cidadania Viva e o espaço físico no qual o programa está instalado. Na ocasião os convidados puderam vivenciar os quatro eixos fundamentais: Vozes Cidadãs, Prosa Cidadã, Pontes para Cidadania e Rota Cidadã.

“Nós temos um Estado que tem um grupo político extremamente dedicado em fazer a diferença, em fazer com que as políticas públicas sejam de fato públicas, dentro dos limites que existem, mas permitindo isso. É um programa que era somente uma ideia, teve o apoio do nosso secretário João César, do Governador e virou uma lei. Hoje encerramos a primeira fase e em abril iniciamos a segunda, que é a de discutir política pública envolvendo estes jovens monitores com a sociedade”, ressalta o secretário adjunto da Secic, Eduardo Romero.

O programa está instalado no terraço do Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho, em Campo Grande, e o espaço também poderá ser utilizado por entidades que tenham pautas que se ajustam com as do Cidadania Viva, como as que trabalham políticas públicas e levam em conta a Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas) e seus 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Em sua fala o secretário de Cidadania e Cultura, João César Mattogrosso, ressaltou a importância do programa que levará cidadania e cultura através da educomunicação. “Essa conexão que existe entre eu e o Eduardo nos possibilitou fazer uma política de fato e de direito transversal, poder levar para todas as camadas da nossa população política pública. E quando ouvimos os nossos monitores falarem aqui eu tenho certeza que assim como eu todos vocês se emocionarem com a importância de um programa como esse, da importância desse trabalho para o Mato Grosso do Sul, porque nesse primeiro momento é somente para Campo Grande, mas ele será levado para todos os sul-mato-grossenses, levando cidadania e cultura através da educomunicação”, finaliza.

Para o monitor social do programa e pessoa com deficiência, Caio Romero, o Cidadania Viva acreditou no potencial dos jovens. “Eu só quero agradecer ao governador, aos secretários, por terem acreditado em nós, em nos dar essa oportunidade, de nos dar a chance de mostrarmos que somos capazes, respeitando as nossas especificidades.”

Participaram do evento: a Defensora Pública-Geral Patrícia Elias Cozzolino, o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), Gustavo Arruda, representantes das gerências da FCMS, subsecretários e subsecretárias das pastas que compõem a Secic, representantes das Secretarias de Estado, de Intuições de Ensino e parceiros, além de familiares dos bolsistas.

As entidades, escolas, associações de moradores ou coletivos que desejarem fazer uso do espaço do Cidadania Viva ou agendar visitas podem entrar em contato pelas redes sociais do programa: @cidadaniavivams

Jaqueline Hahn Tente
Fotos: Elias Reis – Monitor Social Cidadania Viva e André Bezerra – Secic

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *