plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

15 de julho de 2024 - 10:38

Em Bonito, governador autoriza licitações e abre oficialmente 18º Festival de Inverno

Palco principal do FIB já está montado (Jabuty)

O governador Reinaldo Azambuja estará em Bonito nesta quinta-feira (27) para a abertura oficial da 18ª edição do Festival de Inverno. Na ocasião também participará de solenidade onde serão autorizadas a abertura de processos licitatórios para recapeamento e tapa-buraco em diversas ruas do município e para a MS-178, na travessia entre o aeroporto e a entrada da cidade, além da doação oficial do terreno para a construção do Corpo de Bombeiros, por parte da Prefeitura e assinatura do acordo de cooperação do projeto ‘Aprendendo com Arte’.

O recapeamento da MS-178 já foi motivo de polemica na cidade, quando no inicio de junho, houve cancelamento da licitação para contratação de empresa que deveria executar a obra. Em visita a cidade no início deste mês, o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli explicou que foi necessário o cancelamento para que não houvesse perda de recursos federais. “Nós, na ânsia de agilizarmos o processo, soltamos a licitação. Porém essa obra, ela tem uma parte dela, dos R$ 11 milhões, algo em torno de R$ 4 milhões, de recursos federais. E esse projeto não foi aprovado ainda na Caixa Econômica Federal. Se nós continuássemos a licitação, nós perderíamos esse recurso federal”, detalhou.

Pouco mais de um mês após cancelamento da primeira licitação, o governador retoma o projeto e autoriza, nesta quinta-feira, a abertura do processo licitatório para a contratação de empresa para executar o recapeamento do trecho.

Ainda na aera de infraestrutura, Azambuja autoriza a abertura de licitação para a execução de obras de restauração funcional do pavimento (tapa-buracos e recapeamento) de diversas ruas do município. Desde o início do ano o governo do Estado tem investido em infraestrutura e até o final de 2018 devem ser aplicados R$ 597 milhões em obras de pavimentação e drenagem de vias urbanas nos 79 municípios de MS.

Também durante a solenidade, Reinaldo assina o acordo de cooperação do projeto ‘Aprendendo com Arte’, que oferece formação continuada para professores de arte, coordenadores pedagógicos e gestores de escola.

Desde 2015, o curso é oferecido em duas modalidades: semipresencial e totalmente à distância. O objetivo é envolver o educador em uma reflexão sobre o papel da arte e os potenciais educativos da disciplina, propondo desdobramentos para a prática em sala de aula.

A doação oficial do terreno onde será construído a sede do Corpo de Bombeiros do município também na pauta. O prefeito de Bonito, Odilson Soares, destaca a presença ativa do governo do Estado, como fundamental para o desenvolvimento da cidade. “O governador Reinaldo Azambuja tem sido um importante parceiro do nosso município e não mede esforços para nos atender. Encontramos não apenas a Prefeitura, mas toda a máquina pública de Bonito em uma situação muito complicada, com diversas demandas e sem recursos para investir. Então a parceria de Estado e Município em um momento como este é de fundamental importância e essencial para o desenvolvimento da região”, afirma.

O jornalista e empresário da cidade, Bosco Martins, também destacou essa parceria, afirmando que ‘Bonito será dividido em dois tempos, um antes da administração Azambuja e Odilson, e outro depois, quando fica evidenciada a prioridade dos gestores em trabalhar pelo povo e não por interesses de poucos”.

Festival de Inverno

O governador também participa do lançamento da 18ª edição do Festival de Inverno de Bonito. A cerimônia será na Praça da Liberdade, onde acontece grande parte das atrações do evento, incluindo os shows de Jads e Jadson, Carol Konca, Ney Mato Grosso e Gabriel Sater.

A abertura oficial está marcada para as 19 horas. O FIB 2017 acontece entre os dias 27 e 30 de julho. Além da Praça da Liberdade, o CMU (Centro de Múltiplo Uso) também será palco de diversas atividades durante o evento, direcionadas principalmente, as escolas do município, com oficinas, apresentações culturais, teatro, circo e música.

A programação do 18º Festival de Inverno também se estende aos distritos do município em uma ação inédita, levando lazer, diversão e conhecimento aos moradores do Águas do Miranda e Guaicurus.

Mostra Gastronômica

Outra novidade do FIB 2017 é a “Mostra Gastronômica”, que vai reunir 24 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, que servirão, durante os dias do evento, um prato desenvolvido especialmente para o Festival, com criações que misturam ingredientes regionais com a sofisticação da culinária contemporânea.

O objetivo é valorizar a gastronomia local e sua relevância para o turismo, cultura e economia do município. O governador também participa da cerimônia de abertura da Mostra, que será realizada no Salão de Eventos d Hotel Marruá, às 16 horas.

A “Mostra Gastronômica” é uma realização da Secretaria de Cultura e Cidadania (SECC), da Fundação de Turismo de MS (Fundtur) e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Cada restaurante participante recebe apoio e consultoria da Associação de Cozinheiros Profissionais do Pantanal (ACPP).

De acordo com Daniel Barbosa, secretário da ACPP, foi oferecido apoio técnico a cada estabelecimento. Seis chefs de Campo Grande viajaram a Bonito, onde tiveram a oportunidade de trabalhar lado a lado com os cozinheiros do município, assim como aproximaram-se dos empresários do setor gastronômico da cidade. “A proposta é criar pratos que se mantenham fiéis à identidade de cada local. Foi um trabalho de cooperação muito importante”, garante.

Os pratos serão servidos durante todo o festival por cada um dos 24 estabelecimentos participantes. O consumidor terá a oportunidade de votar nos pratos que mais gostou e, ao final, será definido o vencedor da mostra. Para garantir a acessibilidade que o festival prega, os pratos serão oferecidos a valores entre R$ 12 e R$ 60.

Carnes de peixe, jacaré, bovina ou suína foram escolhidas pelos participantes, assim como ingredientes regionais, como a bocaiuva e a guavira. “Para nós, foi uma novidade muito boa. O importante é ver que os pratos respeitaram o estilo de cada restaurante, bar ou lanchonete. Dos mais simples aos mais sofisticados, todas as criações foram pensadas e desenvolvidas com todo o cuidado para não destoar do estabelecimento”, aponta Davi Alves, empresário que comanda o Pantanal Grill Restaurante, um dos participantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *