Destaque do Corinthians, Fla e Cruzeiro e hoje treinador, Deivid vai ao Cartão Verde

Compartilhe:

Ex-atacante também teve passagens pelo Santos e na Europa e já comandou grandes clubes do país; programa vai ao ar na TVE Cultura e pelo Portal da Educativa a partir das 21h30 desta quinta-feira

Deivid foi jogador do Flamengo, entre outros grandes clubes, também atuando como técnico interino. (Foto: TV Cultura/Divulgação)
Deivid foi jogador do Flamengo, entre outros grandes clubes, também atuando como técnico interino. (Foto: TV Cultura/Divulgação)

O Cartão Verde desta quinta-feira (24) recebe o ex-atacante e hoje treinador Deivid de Souza, que teve passagens até hoje lembradas pelo Corinthians, Flamengo e Cruzeiro. O programa vai ao ar na TVE Cultura a partir das 21h30, podendo ser acompanhado também pelo Portal da Educativa.

Nascido em 22 de outubro de 1979, Deivid é o caçula de sete irmãos. Perdeu o pai ainda bebê e, com dificuldades em casa, estudou até a primeira série, ajudando a família vendendo churrasquinho, milho e pipoca nas ruas de Nova Iguaçu. Aos 9 anos, entrou para as categorias de base do Botafogo, onde ficou apenas dois meses: transferiu-se para o Nova Iguaçu, onde permaneceu por quatro anos entre o Infantil e o Junior, estreando como profissional no clube.

Após marcar 87 gols em 148 jogos, foi para o Joinville, em 1999, onde jogou a Copa São Paulo de Futebol Junior e despertou o interesse do Santos, integrando os juniores do Alvinegro praiano. Aos 22 anos, estreou no Corinthians, tornando-se vital no esquema tático de Carlos Alberto Parreira, em 2001. Foi campeão do Torneio Rio-SP e da Copa do Brasil (da qual foi artilheiro com 13 gols), além de vice-campeão brasileiro em 2002.

Em 2003, seguiu para o Cruzeiro, onde ficou menos de um ano, mas ajudou a faturar a Copa do Brasil e os campeonatos Mineiro e Brasileiro. Dali, transferiu-se para o Bordeaux (França), onde jogou por um ano. Voltou ao Santos no ano seguinte, sendo novamente campeão brasileiro.

Em 2005, retornou à Europa, jogando no Sporting Lisboa e no Fenerbahçe, ficando no clube turco até 2010, quando fechou com o Flamengo. Após um ano frustrante, em 2011 veio o título da Taça Guanabara, embora o futebol de Deivid fosse contestado, levando-o a rescindir o contrato em agosto de 2012 e finalizar uma passagem na qual fez 31 gols em 97 partidas.

Foi para o Coritiba, onde ficou até abril de 2014, quando anunciou a aposentadoria. Três meses depois, estreou como auxiliar técnico do Flamengo, ao lado de Vanderlei Luxemburgo –a quem substituiu em abril de 2015, liderando o Rubro-Negro na vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense pela Taça Guanabara. Ainda à frente do clube, um empate sem gols com o Nova Iguaçu deixou o Mengão com o vice-campeonato do torneio, vencido pelo Botafogo.

Deivid deixou o Flamengo pouco depois, seguindo com Luxemburgo para o Cruzeiro. Assumiu como titular pela primeira vez em 3 de junho de 2015, ajudando a Raposa a vencer justamente o Flamengo por 1 a 0. Com a saída de Luxa, assumiu como interino na vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta, no Brasileirão. Foi efetivado em dezembro mas, diante de más atuações no início de 2016, foi dispensado. Em 2017, comandou o Criciúma, sendo demitido depois de três derrotas na Série B do Brasileirão.

Assista – Apresentado por Vladir Lemos e com comentários de Celso Unzelte, Vitor Birner e do tricampeão mundial Roberto Rivellino, o Cartão Verde é uma produção da TV Cultura de São Paulo retransmitida por emissoras parceiras de todo o país, que há mais de 25 anos discute semanalmente novidades sobre o futebol nacional e mundial.

TVE Cultura transmite o Cartão Verde a partir das 21h30 para Mato Grosso do Sul. O programa também pode ser acompanhado no Portal da Educativa (na aba Assista a TV e no link Ao Vivo) e pela fan page da rede social Facebook.


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *