plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Curso de documentário revela diversidade da cultura sul-mato-grossense

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O II Curso de documentário: MS em Imagens e Sons está na fase da elaboração dos filmes pelos alunos, que somam cerca de quarenta participantes das mais variadas profissões e formações educacionais. “Temos desde um aluno que é mecânico e um dos mais interessados e agradecidos pela oportunidade de estar participando deste curso, até professor doutor, ambientalista, estudantes do audiovisual, representantes indígenas, entre outros” destaca Carlos Diehl, produtor executivo da TVE e um dos ministrantes das aulas em conjunto com a Coordenadora do MIS, Marinete Pinheiro.

Na primeira fase da iniciativa aconteceram as aulas teóricas, realizadas on line. Agora, na segunda etapa,  os estudantes estão empenhados na produção dos documentários, que abordam diversos temas e propostas, como explica Diehl:

“Temos duas alunas, da etnia guaraní, que vão registrar o processo de tecelagem e de plantação na aldeia em que vivem. Outro aluno decidiu focar seu trabalho na relação entre gerações de uma família japonesa, tendo como elo central a música e o aprendizado por meio de um instrumento musical. Tem ainda documentários sobre depoimentos de pantaneiros colhidos na década de 90, da repercussão de um peça teatral montada no interior de MS também na década de 90, entre outros assuntos”, adianta.

O II Curso de documentário é uma parceria da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) com a TV Educativa. A primeira edição do evento, o curso MS 40 anos em Histórias Cinematográficas, recebeu o prêmio Darcy Ribeiro, do Instituto Brasileiro de Museu (IBRAM).

A exibição dos trabalhos dos alunos deve entrar na grade da programação da TV Educativa. “Nosso objetivo não é a produção amadora, o empenho é para a criação de documentários profissionais, para serem exibidos em canais  de televisão, festivais, redes sociais, um material de conteúdo e qualidade”, assinala Carlos.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.