Como lidar com a inadimplência do seu morador?

*Por Dr. Hadan Palasthy

Dr. Hadan Palasthy

Há quem enxergue o síndico apenas como um mediador de conflitos, aquela figura que está ali no prédio para resolver algumas questões de convivência ou má conduta dos moradores, seja por muito barulho nos apartamentos, incômodos com o cachorro do vizinho e até mesmo para lidar com temas sobre divisão das vagas e os desentendimentos entre os condôminos.

Mas além destas questões que fazem parte do dia-a-dia deste profissional, existem outros assuntos que ele também precisa resolver e aí percebemos o quão trabalhosa é a rotina dele. Além da postura de mediador de conflitos, o síndico também precisa ser um gestor, pois é da responsabilidade dele tudo que envolve os processos administrativos e financeiros do prédio.

E um dos problemas mais enfrentados por esses profissionais é justamente o financeiro: a inadimplência. É bem comum que os moradores deixem de efetuar os pagamentos do condomínio e isso acaba sendo muito prejudicial para todos os moradores do prédio.

Quando um determinado condômino não efetua o pagamento da dívida, alguém precisa pagar a conta, então, o síndico precisa fazer o rateio entre os outros moradores, gerando, é claro, descontentamento de muitos.

Para evitar este tipo de situação e constrangimento, é importante que o síndico seja sempre muito claro com os condôminos, pois a comunicação é o melhor caminho. Ele precisa explicar quais sãos os procedimentos de cobrança e como o morador em atraso pode se adequar à situação. O ideal é estabelecer todos estes pontos em assembleia.

Mesmo depois de tentar se adequar as melhores formas de pagamento para o morador e se após as tentativas de conversa, o síndico não obtiver resultados, ele pode entrar com uma ação judicial. Sendo assim, o morador deve efetuar os pagamentos, caso não o faça, ele pode ter conta, veículos e até mesmo o apartamento penhorados.

Existem no mercado ainda algumas soluções que facilitam todo este processo. Hoje, muitos síndicos buscam cessão de crédito para acabar com a inadimplência. Esta é uma possibilidade para reduzir a impontualidade do pagamento e rateios indesejados.

Livres de burocracia que este assunto traz, da possibilidade de receber o valor total da dívida, além das melhorias na sustentabilidade financeira do prédio, as vantagens que este tipo de serviço oferece, vão além da redução dos conflitos e dos descontentamentos entre moradores.

Dr. Hadan Palasthy é diretor da CreditCon, especializada na compra da inadimplência de condomínios

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *